Kyrie Irving será free agent na próxima janela de transferências

O armador do Boston Celtics, Kyrie Irving, rejeitou a extensão de contrato e estará livre para negociar com qualquer franquia a partir do dia 30 de junho

Klaus Garcia
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação / Twitter Boston Celtics

Nesta quarta (12), o repórter do The Athletic, Shams Charania, revelou que Kyrie Irving não aceitará a extensão automática de seu contrato com o Boston Celtics. Assim, o armador estará disponível no mercado a partir do dia 30 de junho, quando a janela de transferências se abre novamente. Com isso, Kyrie abre mão de um contrato de 21,3 milhões dólares.


Como free agent, Irving poderá assinar com qualquer time, até mesmo com o Boston Celtics. O camisa 11 chegou a dois anos em Boston e teve muitas decepções neste período. Após uma primeira temporada promissora, uma contusão tirou Kyrie dos playoffs e viu seus companheiros chegarem à final da Conferência Leste da NBA. Já no segundo ano, o armador viu um time bastante instável e que acabou caindo na Semi Final da Conferência Leste. Foram até agora 127 jogos de temporada regular com a camisa verde, com médias de 24,1 pontos, 6,1 assistências e 4,4 rebotes.

Os rumores apontam para uma transferência pros times da região de Nova York. Os Knicks e os Nets são fortes candidatos para receber o astro e possuem espaço na folha salarial para oferecer um contrato máximo. Outra opção ventilada nos bastidores é de uma transferência para os Lakers, refazendo assim a parceria campeã da NBA com LeBron James. De acordo com a ESPN americana, esta é uma ideia que vem ganhando a simpatia de Irving que já fez sondagens na organização de Los Angeles.

LEIA MAIS:

Treinador dos Raptors explica pedido de tempo polêmico no fim do jogo contra os Warriors