Liberação de bebidas alcoólicas nos estádios de SP é aprovada

A ALESP (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou o PL (projeto de lei) 1363/2015.  Este projeto visa autorizar a comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios do estado de São Paulo.

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Flickr

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Na noite desta quinta-feira (13), a ALESP aprovou o projeto de lei 1363/2015, de autoria de Itamar Borges (MDB). Para entrar em vigor, o PL precisa da aprovação do governador João Dória (PSDB).

O que diz o projeto?

Caso ele seja aprovado, o projeto de lei irá autorizar a venda de bebidas uma hora e meia antes do início das partidas até uma hora depois do encerramento dos jogos, nas lanchonetes e bares dos estádios. Atualmente, os estádios do estado de São Paulo são proibidos de vender qualquer bebida alcoólica (apenas cervejas sem álcool são liberadas).

O texto cita que as vendas devem ser realizadas em plástico descartável e com limite de 500 ml. e define como “bebidas alcoólicas, para efeitos desta lei, as bebidas com teor alcoólico entre 6 a 9 % vol”.

A defesa do projeto foi baseada na Copa do Mundo de 2014, onde a venda foi permitida. O foco do projeto é impedir que as bebidas sejam vendidas de forma clandestina, como ocorre hoje em dia.

Oposição ao projeto

Carlos Gianazzi (PSOL) foi contrário a decisão de aprovar o projeto de lei. Ele acredita que se trata de um tema “superado, um retrocesso para o estado”.

Ele ainda acredita que esta liberação “atende muito mais aos interesses da indústria que à cidadania e segurança nos estádios”.

LEIA MAIS

COPA AMÉRICA: CPTM TERÁ LINHA EXPRESSA PARA ARENA CORINTHIANS