Luan “negociável”, setor definido para reforços e Bahia: dirigente atualiza situações do Grêmio

Diretor-executivo voltou a mencionar as chances de saída de Luan no meio da temporada, desde que uma eventual proposta “atenda às exigências” do clube.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Montagem com imagens de divulgação/Grêmio

Em mais uma importante entrevista, dessa vez concedida à Rádio Gre-Nal pelo executivo de futebol, Klauss Câmara, a direção do Grêmio atualizou situações importantes e pendentes já de olho na segunda parte da temporada, que inicia logo depois da disputa da Copa América.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Luan pode, sim, sair

Na mesma linha do que disse o técnico Renato Portaluppi no último sábado, Câmara admitiu que Luan pode ser negociado caso ocorra uma proposta de interesse do Grêmio. O dirigente deixou claro que o camisa 7, que ainda não voltou ao time após lesão muscular, não é “inegociável”:

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

“O Luan é um atleta que sabemos da qualidade e do valor que tem no elenco. Mas não é um atleta inegociável, assim como todos do grupo, desde que atenda às exigências do clube”, disse.

Reforços para o meio de campo

Ao contrário do que se imaginava anteriormente, o Grêmio voltará ao mercado durante a parada para a Copa América. A prioridade será a busca por um novo jogador de meio de campo.

“É uma posição (meias) em que vamos avaliar as possibilidades. Como diz o Renato, não trazer por trazer. Trazer alguém que possa nos ajudar”, colocou o executivo.

Sorteio contra o Bahia na Copa do Brasil

A segunda-feira apontou através de sorteio os cruzamentos das quartas de final da Copa do Brasil e o Grêmio terá o Bahia, do velho conhecido Roger Machado, pela frente. Entre os dias 10 e 17 de julho, o confronto ocorre e será decidido, na volta, em Salvador.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Recentemente, os baianos venceram o tricolor por 1×0 em casa pelo Brasileirão, mas Câmara não acredita que aquele jogo sirva de referência:

“Sabemos que é uma outra competição, em que o Grêmio está acostumado. Temos um mês para essa partida, então serão vários elementos que diferem desse último jogo”, finalizou.

LEIA MAIS:

Everton responde vaias ouvidas durante amistoso no Beira-Rio

Direção do Inter faz forte cobrança após derrota para o Vasco: “Tínhamos obrigação de vencer”

Inter relaciona janela de transferências ao “caminho dos títulos”; veja a situação de atletas especulados

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram