Marta é a nova garota-propaganda de Brahma, a nº1 do futebol

A principal jogadora de futebol feminino da seleção brasileira, Marta, fecha acordo por um ano com Cervejaria Brahma.

Bruno Catalão
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Divulgação

No próximo domingo (09), a seleção brasileira de futebol feminino entra em campo no primeiro jogo da Copa do Mundo para enfrentar a equipe da Jamaica, porém quem já está aparecendo em comerciais é a principal jogadora do Brasil Marta.

Em acordo válido por um ano, Marta é a nova garota-propaganda de Brahma. Idealizada e assinada pela agência Africa, a campanha teve início nessa semana com uma reflexão nas redes sociais onde a cervejaria instigou as pessoas a opinarem sobre “Quem é o nome Nº1 do futebol”. A maioria apontou atletas masculinos. Mas como mostrar quem realmente é a Nº1?

A própria campanha traz a resposta, já que é toda inspirada em carta escrita pela jogadora para si mesma no passado, relembrando da época que ainda morava em sua cidade natal: Dois Riachos, em Alagoas. Mesmo com o preconceito e falta de apoio, Marta já sonhava em jogar profissionalmente.

A Brahma e futebol sempre estevem lado a lado, principalmente quando se trata de seleção do Brasil de futebol.

“Brahma celebra os momentos inesquecíveis das pessoas valorizando as histórias que realmente importam. Em um momento importante para o futebol feminino do Brasil, resolvemos celebrar a vida e toda a trajetória da atleta Número 1 da modalidade: a Marta. Ela tem uma história incrível como atleta e como mulher que merece ser contada e reconhecida, e foi isso que quisemos retratar”, afirmou Helena Isaac, gerente de marketing de Brahma.

“Fico muito feliz com essa parceria. A cada dia, as mulheres têm conquistado novos espaços no esporte, seja dentro de campo ou fora dele. A Brahma sempre esteve ao lado do futebol brasileiro e é muito bom ver que a marca também está investindo no futebol feminino”, completou a camisa 10 da Seleção Brasileira.

A seleção brasileira está no Grupo C ao lado de Jamaica, Itália e Austrália, e fará sua estreia no domingo, às 10h30 (de Brasília).TORCEORAS

LEIA MAIS:

França abre Copa do Mundo Feminina com goleada sobre a Coreia do Sul

Repórter do SporTV pede tratamento igualitário a seleções e diz que não usará termo “futebol feminino”