Ex-treinadora da Seleção gera polêmica ao falar sobre Marta: “Só convocaria para a Copa do Mundo se tivesse 100%

Emily Lima dá polêmica declaração sobre condição física de Marta na Copa do Mundo; depois, então, elogia as atletas do elenco

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: CBF/Reprodução

Ex-técnica da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Emily Lima concedeu uma polêmica entrevista ao portal UOL Esporte. Nesta quarta-feira (12), ela falou do selecionado nacional que outrora comandava. Hoje treinadora do Santos, ela falou, entre outros assuntos, da situação de Marta na Copa do Mundo. E as palavras não foram das mais doces.

No programa No Ângulo, apresentado por Fernando Rocha, Emily deu sua opinião sobre a condição física da Rainha. Também deixou claro qual seria sua opção. “Quero acreditar que ela foi convocada 100% para estar na Copa do Mundo, afinal. Acredito muito nisso. Se ela foi convocada com algum tipo de lesão só para estar no grupo, não vejo isso como positivo. Essa é minha opinião. Se eu estivesse lá e ela estivesse machucada, eu preferia uma que estivesse 100%. Copa do Mundo é Copa do Mundo, você olhou para o banco, tem que ser para resolver, a Marta na Copa do Mundo não pode ser só mais uma”, disparou.

Elogios

Na sequência, a própria treinadora amenizou a declaração. Ela afirmou que nada sabe sobre a condição clínica de Marta na Copa do Mundo. Também aproveitou para elogiar as atletas. “A gente não pode dizer ao certo, porque não tenho nenhuma documentação médica dela, então é só eles mesmo que podem dar essa certeza. Mas acredito ainda que essa 1ª fase vão tentar recuperá-la para na segunda fase ela vir forte”, comentou.

Com ou sem Marta na Copa do Mundo, o Brasil enfrenta a Austrália na próxima quinta-feira (13), às 13h. A Rainha, aliás, treinou com bola e tem chances de atuar na peleja.

LEIA MAIS
Brasileira do Barcelona afirma ter sido vítima de racismo em jogo de futebol na Espanha
Fernanda Garay fala sobre o Mundial e a Superliga em entrevista à CBV
Vencedora de Wimbledon em 2018, Angelique Kerber é dona de academia – mas ama sorvete