Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ministro de Putin afirma que Metal Gear é um ‘projeto de espionagem’

Andrei Kartapolov fez críticas ao jogo da Konami em relatório oficial do governo de Putin.

Marcelo Faviere
Marcelo Faviere é formado em Comunicação Social: Jornalismo pela UAM. Fundador dos portais Insônia Pop (2012 a 2015) e Excêntrico Psicopata (2015 a 2016). Analista tático do Futebol na Veia (2016) e SCCP Scouts (2018). Entrou para a equipe de colaboradores do Torcedores em fevereiro de 2018, onde escrevia artigos, notícias e produzia entrevistas com personagens do cenário gamer e de e-Sports (esportes eletrônicos) no Brasil e no mundo. Saiu em dezembro do mesmo ano para adentrar o mundo corporativo. Neste meio tempo participou da equipe de colunistas do site de automobilismo Boletim do Paddock (2018). Atualmente está de volta ao Torcedores.com, onde começou a sua carreira de jornalista de games.

Crédito: Arte: Marcelo Faviere/Foto: Konami

No último dia 20 de junho, a agência de notícias estatal russa Interfax informou que o vice-ministro da Defesa Andrei Kartapolov, falando durante uma mesa redonda parlamentar, citou a popular série Metal Gear como um exemplo de projetos dos serviços de inteligência dos EUA para manipular a “consciência pública e especialmente jovens ”contra o governo russo.

Além disso, segundo o “The Moscow Times“, Kartapolov afirmou que tais projetos têm o intuito de encorajar atividades de protesto contra as autoridades do país.

Resultado de imagem para Andrei Kartapolov putin

Andrei (cinza) com o presidente russo, Vladimir Putin. (Foto: Wikimedia Commons)

No entanto, a série Metal Gear é um produto do Japão. O primeiro jogo da série foi criado em 1987 pelo designer de videogames Hideo Kojima, publicado pela empresa japonesa Konami, e destinado ao uso do computador pessoal da marca japonesa MSX2.

Metal Gear Hideo Kojima

O criador da série, Hideo Kojima. (Foto: Vittorio Zunino Celotto/Getty Images)

Mais sobre games10 documentários sobre games que você deveria assistir

Inicialmente o game conquistou popularidade nos Estados Unidos, através de um port do jogo para o Nintendo Entertainment System (NES/Nintendinho) em 1988. Em 1998, o lançamento de Metal Gear Solid para o PlayStation 1 fez do Metal Gear um fenômeno mundial. Portanto, Metal Gear é um dos jogos mais vendidos de todos os tempos.

Metal Gear for the Nintendo Entertainment System, 1988

Metal Gear – precursor do gênero stealth

Certamente um dos primeiros jogos, se não o primeiro, a dar ênfase em progredir sem ser detectado pelos inimigos, evitando, ao máximo, confrontar-se com eles. Dessa forma, a série é famosa por ser a primeira a fazer parte da categoria “stealth“, devido às suas longas cenas cinemáticas, enredos complexos e sua exploração da natureza da política, guerras, censura, engenharia genética, inteligência artificial, lealdade, realidade, “verdade” subjetiva vs. universal e temas filosóficos, além de frequentemente derrubar a quarta parede.

Ao mesmo tempo, muitas das coisas que viriam a ser marcas registradas da série já aparecem nessa primeira missão de Solid Snake, como o rádio codec para comunicação com seus superiores, para tirar dúvidas sobre a missão, ou, até mesmo, a caixa de papelão (cardboard box).

Talvez o ministro russo esteja vendo coisas demais durante suas pesquisas. O vídeo abaixo explica um pouco mais sobre a franquia.

Por fim, vale lembrar que, em 2015, Kojima deixou a Konami, levando a Kojima Productions a ser uma empresa independente. Isso deixou o futuro de Metal Gear bastante incerto. Por ora, o projeto que tem estado nas mãos de Hideo Kojima é Death Stranding, uma aventura misteriosa que, como dizem por aí, “vai ser revolucionária”.

Será que o vice-ministro da defesa russa ficará feliz com o afastamento de Kojima? Só o tempo dirá!

Qualquer sugestão de pauta pode ser enviada para este que vos escreve, clicando aqui.

Inscreva-se no canal do Torcedores no Youtube e visite as nossas páginas no FacebookTwitter e Instagram!

Leia mais