Neymar terá tratamento rigoroso no PSG após chegada de Leonardo, diz site

O time francês aceita negociar o atacante brasileiro, que será enfraquecido dentro do clube após a chegada do novo diretor

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Foto: Divulgação/PSG

A chegada de Leonardo ao Paris Saint-Germain como novo diretor da equipe pode enfraquecer Neymar dentro do elenco francês, de acordo com o UOL. O ex-jogador teria conversado com alguns atletas brasileiros e entrado no consenso de que o atacante deverá ser tratamento de forma mais rigorosa na próxima temporada.

Neymar passaria a ter “vida comum” no clube francês. Viagens durante os jogos e críticas ao elenco não seriam mais tolerados, o que pode diminuir as chances do jogador permanecer no time.

Em 2017, logo após o anúncio da contratação de Neymar, Leonardo ressaltou a importância de saber gerar o grupo para potencializar o talento de Neymar, em entrevista ao “Canal+”.

“Ele é um jogador muito bom, carismático, é um pouco uma estrela de cinema. Depois disso, acho que gerenciar tudo isso é muito importante. Quando a estrutura sobe, o clube deve permanecer mais forte. Não importa se ele é o Neymar, se Cristiano Ronaldo é Cristiano Ronaldo, o clube é a instituição maior e precisa ser respeitada. É o clube quem vai orientar um projeto, não é Neymar”, disse na época.

Com o enfraquecimento do atacante brasileiro, Edinson Cavani, ídolo do PSG, ganha força no elenco. Leonardo considera o jogador uruguaio como a maior contratação da história do clube.

Leonardo foi anunciado pelo Paris Saint-Germain no dia 14 de junho após sair do Milan. Entre 2011 e 2013, o brasileiro foi diretor e treinador, além de ajudar na remontagem na equipe francesa com grandes contratações como Ibrahimovic e Thiago Silva.

Leia mais:

Jornal francês faz enquete, e maioria responde que Neymar deve ser vendido pelo PSG

Presidente do PSG diz que “não forçou” Neymar a assinar com o clube: “Veio conscientemente para participar de um projeto”