Paulo Nobre comemora dia da ‘paixão palmeirense’ e exalta jogadores do time de 93: “Deram sentido à minha vida”

Título do Paulistão conquistado pelo Palmeiras sobre o rival Corinthians completa 26 anos nesta quarta-feira (12)

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores
Valdivia

Crédito: Divulgação/Palmeiras

O ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, se afastou completamente do clube por causa de divergências políticas desde que deixou a presidência da equipe, em 2016, mas nunca escondeu seu lado torcedor fanático. E nesta quarta-feira (12), quando o Verdão comemora 26 anos do título do Campeonato Paulista conquistado diante do maior rival Corinthians, Nobre usou seu perfil no Instagram para relembrar a conquista.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Dia 12/6/1993 deixou de ser o dia dos namorados quando vi o Palmeiras campeão pela 1ª vez na vida, com 25 anos de idade”, relembrou Nobre na legenda de uma foto que ficou famosa onde aparece, ainda jovem, comemorando o título na avenida Paulista. “Foi até hoje a maior homenagem que já recebi”.

Nobre termina a legenda exaltando os heróis daquela conquista. “Muito obrigado Sergio, Mazinho, Antônio Carlos, Tonhão, Roberto Carlos, gigante Cesar Sampaio, Daniel Frasson, Amaral (que foi suspenso no 1º jogo da final), Zinho, Edmundo ANIMAL, Luxemburgo, e ao maior ídolo que já tive na vida, Evair! Vocês deram sentido à minha vida!”, completou.

Ver essa foto no Instagram

Feliz dia da PAIXÃO PALMEIRENSE a todos palestrinos! Dia 12/6/1993 deixou de ser o dia dos namorados quando vi o Palmeiras campeão pela 1ªX na vida, com 25 anos de idade! Meu 1º jogo foi em 1977 no Pacaembu contra o Santos (1×1)… e confesso q me achava o pé frio responsável pelo jejum!😂 Passei minha infância, adolescência e início de vida adulta esperando um título q nunca vinha… mas eu SEMPRE acreditava, todo ano achava q seria o nosso ano… anos 80 foram doidos! Inter de Limeira em 1986 me proporcionou o dia mais frustrante e triste da minha vida, pois foi uma decepção q eu, e acho que NENHUM, palmeirense, esperava! Antes, em 1984, ja tinha sofrido com a suspensão do saudoso Mário Sérgio em um ano q o Palmeiras estava muito bem, mas acabou desandando! Depois vieram XV de Jaú em 1985, Bragantino em 1989, a Ferroviária em 1990… ate q em 1993 aquele esquadrão montado pela Parmalat, comandada pelo maior de todos os tempos, EVAIR O MATADOR, nos tirou da fila com uma goleada por 4×0 sobre nosso maior rival! Foi sem sombra de dúvidas o dia mais feliz da minha vida! Essa foto foi tirada da Av Paulista na madrugada do sábado para o domingo, por um fotógrafo do Jornal da Tarde, e saiu na 1ª página de 2ª feira… foi até hj a maior homenagem q já recebi, coroando uma vida esperando ver o Palmeiras campeão! Do meu lado esquerdo com boné da Parmalat esta o Ricardo Signorini (hj conselheiro do Palmeiras) e do lado direito o Jean (não é o Axel Rose😂, mas o autor do nosso logo do Centenário), dois irmãos q a vida me deu! E me carregando esta o João, amigo da faculdade PUC-SP. Muito obrigado Sergio, Mazinho, Antonio Carlos, Tonhão, Roberto Carlos, gigante Cesar Sampaio, Daniel Frasson, Amaral (q foi suspenso no 1º jogo da final), Zinho, Edmundo ANIMAL, Luxemburgo, e ao maior ídolo q ja tive na vida Evair! Vcs deram sentido à minha vida!

Uma publicação compartilhada por Paulo Nobre OFICIAL (@paulonobrepalmeirense) em