Presidente do Milan confirma projeto para demolição do San Siro

Icônico estádio foi inaugurado em 1926 e já recebeu público superior aos 150 mil torcedores

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação

Após alguns rumores, o presidente do Milan, Paolo Scaroni, confirmou nesta segunda-feira (24), que brevemente o estádio San Siro (ou Giuseppe Meazza) será demolido. O lendário palco de futebol é a casa do time rossonero, bem como do arquirrival, a Inter de Milão.

Scaroni explicou a proposta do novo projeto, que sera construído ao lado do antigo estádio.

“Tudo continua. Vamos fazer um novo San Siro juntos ao lado do antigo na mesma área da concessão. O velho será derrubado e em seu lugar haverá novos edifícios”, disse.

Questionado sobre o tempo para a construção do novo estádio, o mandatário não quis dar prazo, mas indicou que a expectativa é ter a nova arena disponível para sediar os Jogos Olimpícos de 2026, caso Milão seja escolhida como sede.

“É um procedimento complicadíssimo. Seria bom se a cerimônia olímpica acontecesse no novo San Siro, mas ainda não há nada certo”, completou.

LEIA MAIS:

Buscando reforços para o Milan, Maldini tem reunião por jogadores do Real Madrid e fica otimista

Milan anuncia Marco Giampaolo como novo treinador da equipe