Raio-X: tudo sobre os 23 jogadores da seleção brasileira na Copa América

Com apenas três jogadores que atuam no país natal, a seleção brasileira inicia nesta sexta-feira (14) a trajetória na Copa América contra a Bolívia no Estádio do Morumbi.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores
São Paulo e Salvador recebem jogos da seleção brasileira na primeira fase da Copa América

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A principal diferença em relação ao grupo que esteve há um ano na Copa do Mundo é a ausência de Neymar. O camisa 10 ficou com a seleção brasileira até o dia 6, quando sofreu uma entorse no tornozelo direito durante o amistoso diante do Qatar. O substituto escolhido para ocupar a vaga é o meia atacante Willian.

Além dele, são mais 13 jogadores que estiveram na Copa do Mundo da Rússia (os goleiros Alisson, Cássio e Ederson; os laterais Fagner e Filipe Luís, os zagueiros Marquinhos, Miranda e Thiago Silva, os meio-campistas Casemiro, Fernandinho e Phillippe Coutinho, e os atacantes Gabriel Jesus e Roberto Firmino).

O mais experiente do grupo é Daniel Alves, que jogou duas Copa do Mundo (2010 e 2014) e Copa América (2007, 2011, 2015, 2016), mas não esteve na Rússia porque estava lesionado. O mais jovem entre os convocados é Lucas Paquetá, do Milan, que completa 22 anos em agosto.

Os outros novatos são o lateral Alex Sandro, o zagueiro Éder Militão, os meio-campistas Allan e Arthur e os atacantes David Neres, Éverton e Richarlison. Assim como Paquetá, nenhum deles disputou competições oficiais pela seleção brasileira.

Como a estreia contra a Bolívia é no Morumbi, este jogo terá caráter especial para Casemiro e David Neres, revelados no São Paulo. O goleiro Éderson também passou pelas categorias de base do tricolor, mas se profissionalizou na Europa.

ONDE JOGAM OS 23 CONVOCADOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA

O time com mais representantes é o Manchester City, que ganhou os principais títulos da Inglaterra na última temporada. Aliás, a maioria do elenco (seis jogadores) disputam a Premier League. Atual campeão francês, o PSG também possui três nomes entre os 23.

Brasil – Cássio e Fagner (Corinthians) e Éverton (Grêmio)
Espanha – Arthur e Philippe Coutinho (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Filipe Luís (Atlético de Madri)
França – Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva (PSG)
Holanda – David Neres (Ajax)
Inglaterra – Alisson e Roberto Firmino (Liverpool), Ederson, Fernandinho, Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton)
Itália – Allan (Napoli), Lucas Paquetá (Milan), Miranda (Inter de Milão)
Portugal – Éder Militão (Porto, já negociado com o Real Madrid)

PRÓXIMOS JOGOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA
14/6 – Brasil x Bolívia (Estádio Morumbi)
18/6 – Brasil x Venezuela (Arena Fonte Nova)
22/6 – Peru x Brasil (Arena Corinthians)

LEIA MAIS:
Bélgica dispara na liderança e Brasil segue em 3º; veja a atualização do ranking da Fifa