Mercado da Bola: Real Madrid contrata “Messi japonês”, com passagem pelo Barcelona e desejado por grandes da Europa

Real contrata atleta com passagens pelo Barcelona e que também era desejado por outras grandes equipes

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Um “chapéu” (ou seja, o ato de contratar um atleta que todos esperavam que se transferisse para outro clube) foi anunciado na manhã desta sexta-feira (14). E um histórico, por sinal. O Real Madrid anunciou a contratação de um atleta que era pretendido pelo Barcelona. Trata-se de Takefusa Kubo, japonês de apenas dezoito anos. Veja abaixo o tweet que deixa claro que o Real contrata o atleta:

Kubo é conhecido como “Messi japonês”. Ou seja: o Real contrata um atleta em quem se deposita muita expectativa. Apesar disso, o atleta não foi contratado pela equipe merengue principal. Quem fez o anúncio foi o Real Madrid Castilla, espécie de equipe B do clube. O caminho é semelhante ao feito por Vinicius Junior.

Carreira

O curioso é que o atleta já atuou pelo Barcelona. Quando tinha dez anos, saiu do clube catalão por conta de uma punição da FIFA. Ele, também, rejeitou ser integrado À equipe B dos catalães. De acordo com a imprensa europeia, Manchester City, Bayern e Paris Saint-Germain também buscavam a contratação do atleta que o Real contrata agora. Em sua carreira profissional, ele também atuou por FC Tokyo e Yokohama Marinos.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Kubo está, nesse momento, com a seleção japonesa, que disputará a Copa América no Brasil. Os Samurais estão no Grupo C e estreiam na segunda-feira (17), contra o Chile. Depois, a peleja é contra o Uruguai, na quinta-feira (20). O último jogo da fase de grupos será contra o Equador, em uma segunda-feira (24).

LEIA MAIS
Mercado da Bola: ex-Corinthians, Guilherme Arana é sondado pelo Benfica, afirma jornal da Espanha
Mercado da Bola: meia campeão da UEFA Nations League é disputado por três times ingleses
Meia do Flamengo elogia Jorge Jesus: “Vai dar certo, me disseram que é um cara vencedor”