Série C: foi antecipada a venda de ingressos para Confiança x Globo

Ingressos para o próximo jogo na Arena Batistão no próximo dia 06 (sábado) já estão disponíveis em diversos pontos de venda

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação: Facebook Oficial / Associação Desportiva Confiança

Confiança x Globo acontece pela 11ª rodada do Brasileirão Série C na Arena Batistão. Os ingressos já estão à venda com preço promocional até 29 (sábado) ou até esgotar o primeiro lote, de quatro mil unidades. Para conseguir o valor, basta doar 1kg de alimento não perecível para cada ingresso a ser comprado. Os valores são:
Cadeiras azuis – 1 ingresso R$20; 2 ingressos R$30; 5 ingressos R$50
Cadeiras brancas – 1 ingresso R$40, 2 ingressos R$70; 5 ingressos R$150

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Os pontos de venda são:
Shopping do Dragão (seg – sex/08h às 12h e 14h às 18h e sábado/08h30 às 12h)
Loja Gigante Operário (seg – sex/09h às 17h e sábado/09h às 12h)
Loja do Sabino Ribeiro (seg – sex/09h às 12h e 14h às 17h e sábado/09h às 12h)
Litoral 655 no Shopping Prêmio (seg – dom/10h às 22h)
Litoral 655 no Calçadão Laranjeiras, 342 (seg – sex/09h às 12h e 14h às 18h e sábado/09h às 13h)

Atualmente o Dragão está no G4, com 14 pontos, empatado com o Sampaio Corrêa (5º), com melhor saldo de gols (+1) que a Bolívia (-2). No retrospecto Confiança x Globo, a disputa é equilibrada: cinco jogos, com três empates e uma vitória para cada time. Na Arena Batistão, foram duas partidas, sendo uma vitória de virada pela Série D em 2014 e um empate sem gols no ano passado.

Apenas o G4 vai para o mata-mata, contra os quatro primeiros do Grupo B. Quem vencer o confronto de 180 minutos, garante o acesso ao Brasileirão Série B 2020.

LEIA MAIS:
Brasileirão Série D: confira os nordestinos que estão nas oitavas
Saiba os clubes com maior público nas redes sociais em 2019
Não é apenas o “Neymar Pai”: pai do goleiro da Venezuela também viaja para ver Copa América
Jogador do Egito é expulso da seleção por questão “ética e disciplinar”