Surfe: Mundial no Japão terá Medina, Toledo, Ítalo, Tati e Silvana; confira

A Associação Mundial de Surfe anunciou nesta segunda-feira (11) quem está convocado. Saiba mais sobre como foi a convocação dos cinco brasileiros

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores
surfe

Crédito: Divulgação: Facebook Oficial / Gabriel Medina

Grata surpresa no anúncio da Associação Mundial de Surfe (ISA) para o Mundial em Miyazaki, no Japão. No meio dos convocados para o ISA World Surfing Games, estão cinco brasileiros: Gabriel Medina, Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima.

Desde 2016, o surfe foi incluído pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como esporte olímpico. Por isso, o ISA Games, que será realizado entre 7 e 15 de setembro, será um passaporte para os atletas surfarem nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Uma condição para o surfista do ISA Games vá às Olimpíadas é que o país não tenha dois surfistas no Top 8 feminino e o Top 10 masculino no ranking do Circuito Mundial ao final de 2019, pois esses 18 já têm vaga na Olimpíada (respeitando o limite máximo de dois por país).

Para a competição, foram convocados atletas da África do Sul, Austrália, Costa Rica, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Nova Zelândia. Embora não seja garantia ou necessária a disputa de vaga pelo ISA Games, a participação é obrigatória para os surfistas nomeados.

Em Tóquio 2020, serão 40 competidores no esporte (20 de cada sexo). Desses, 18 irão pelo ranking (como falado anteriormente), 2 vagas serão para o país-sede (Japão), os 2 campeões dos Jogos Pan-americanos de Lima (que acontece entre 29 de julho e 3 de agosto) estão classificados e os 18 restantes pelas edições do ISA World Surfing Games de 2019 (este que teve convocação) e de 2020.

LEIA MAIS:
Surfe: WSL lança campanha contra poluição no mar também no Brasil
Governo Federal veta pagamento de bolsa com Lei de Incentivo e prejudica atletas, diz blog
Projeto de lei propõe proibir mulheres trans em competições femininas