Tardelli e Sasha estariam de saída de seus clubes, segundo jornalista

Segundo Jorge Nicola, insatisfação de Tardelli no Grêmio e intenção de “fazer dinheiro” da diretoria do Santos motivariam saídas.

Paulo César Desidério Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Cristiano Olivieski/Grêmio

O jornalista da ESPN Jorge Nicola publicou na manhã desta terça-feira (11) em seu blog no portal Yahoo duas informações acerca do mercado da bola brasileiro. A primeira é sobre uma tentativa de dirigentes do Atlético-MG de trazerem de volta o atacante Diego Tardelli.

O jogador de 34 anos foi anunciado pelo Grêmio para a temporada 2019 após deixar o Shandong Luneng da China, mas é reserva no esquema do técnico Renato Portaluppi. Devido a uma suposta insatisfação, o atacante estaria interessado em buscar novos ares e pode até retornar ao futebol chinês. Ainda assim, o fato de ser ídolo no clube mineiro seria um atrativo para o retorno do atacante.

No Galo, Tardelli conquistou dois campeonatos mineiros, Libertadores, Recopa e Copa do Brasil. Porém, Nicola destaca que o alto salário de R$ 1 milhão e o contrato válido até dezembro de 2021 podem complicar o Atlético no que diz respeito à realidade financeira do clube.

Sasha

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Nicola também publicou que o atacante santista Eduardo Sasha estaria novamente na mira do Fenerbahce da Turquia. O jogador de 27 anos chegou a negociar com o clube turco no começo do ano. Entretanto, após as conversas terem esfriado, Sasha acabou seguindo no Santos e foi bastante utilizado pelo técnico Jorge Sampaoli.

Acontece que com a chegada de Uribe, um centroavante de ofício no plantel do treinador argentino, Sasha deve perder espaço. Além disso, segundo Nicola, a venda do jogador serviria para cobrir investimentos em reforços mais caros, além do prejuízo financeiro que o Peixe colheu com as eliminações na Copa Sul-Americana e Copa do Brasil. Vice-líder do campeonato brasileiro com 17 pontos, o Santos foi eliminado das competições de mata-mata para o River Plate do Uruguai na primeira fase do torneio continental e caiu nas oitavas de final para o Atlético-MG na Copa do Brasil.