Além do ataque, técnico do Atlético admite outra dúvida para pegar o São Paulo

Em entrevista coletiva, Rodrigo Santana disse que ainda não definiu qual Atlético irá a campo na quinta

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores

Crédito: TV GALO

O Atlético-MG realiza hoje seu último treinamento antes da partida contra o São Paulo, marcada para esta quinta-feira (13), às 20h (de Brasília), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Antes da atividade, o técnico Rodrigo Santana esteve na sala de imprensa da Cidade do Galo, em Vespasiano, e falou com os jornalistas.

De cara, o comandante do Atlético foi questionado sobre quem será o centroavante titular. Ricardo Oliveira, que está há nove jogos sem marcar, pode perder a posição para Alerrandro, que tem apresentado bons números na temporada.

“Eu tinha certeza que você fariam esta pergunta (risos). Mas eu não posso revelar, o jogo de amanhã é muito importante e vamos deixar este mistério minutos antes da partida”, disse Rodrigo Santana.

Por conta do desgaste físico, o treinador também admitiu dúvida no setor do meio campo em relação a Adílson e Zé Welison.

Aqui no Independência a gente precisa jogar para frente. O Adílson é um atleta que consegue desafogar um pouco mais o jogo. O Zé, apesar de ser da mesma posição, tem o perfil mais atrelado a marcação e força. Vamos analisar com calma e ver quem iremos encaixar ali. Está tudo em aberto”, afirmou.

Jogo de ‘seis pontos’

Na tabela, o Atlético ocupa neste momento a terceira posição, com 15 pontos. Apesar da má fase do São Paulo, a distância é de apenas dois.

O São Paulo vem para se recuperar. É um jogo difícil. Eles possuem um excelente treinador e um grande elenco, mas nós precisamos fazer a lição de casa. É necessário manter a concentração durante os 90 minutos para fazer uma boa apresentação”, concluiu Santana.

LEIA MAIS:

Atlético divulga nova parcial de ingressos para duelo com o São Paulo

Dirigente confirma negociação com o Atlético-MG por meio-campista