São Paulo era um dos possíveis destinos para o futuro de Thalles, que morreu em acidente automobilístico; saiba mais

Atleta do Vasco da Gama morto em acidente automobilístico, clube cogitava negociações para colocar Thalles no São Paulo e no Sport; América-MG e Ponte Preta também desejavam o atleta

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A morte de Thalles segue repercutindo. O atleta, morto neste sábado (22), foi enterrado neste domingo (23), em Niterói. O atleta, que tinha contrato com o Vasco da Gama e estava emprestado à Ponte Preta, já tinha planos para o futuro. O clube do qual era contratado idem. Dentre as possibilidades, Thalles no São Paulo, Sport, América-MG e de vez na Macaca eram algumas delas. Bruno Braz, repórter do portal UOL Esporte, é quem informa.

O atacante, carinhosamente chamado de Balothalles, tinha contrato com o Vasco da Gama até o final de 2019. A ideia do clube era envolvê-lo em alguma negociação para conseguir negócios no Mercado da Bola. Uma das possibilidades era uma negociação de Thalles no São Paulo ou no Sport. O cruzmaltino tem interesse em atletas dessas equipes.

Na equipe de Recife, quem chama atenção do Vasco da Gama é Rithely. Já do Tricolor Paulista, o atleta que interessa à equipe é Santiago Tréllez. A curiosidade é que os dois jogadores estão emprestados para a mesma equipe: o Internacional. A ideia vascaína era colocar Thalles no São Paulo e/ou no Sport para buscar tais profissionais.

Outras opções

No entanto, as opções não se limitavam a Thalles no São Paulo ou no Sport. Outras equipes tinham interesse no futebol do atleta. O América-MG e a própria Ponte Preta tinham interesse em contar com o futebol do jogador com um contrato efetivo, sem empréstimos. No caso da Macaca, porém, o desejo era de reduzir o salário do atleta, tido como alto demais para os padrões do clube de Campinas.

Thalles morreu sem jogar no São Paulo, Sport ou América-MG, mas passando por outros clubes. Revelado pelo Vasco, foi emprestado ao Albirex Niigata e à Ponte Preta.

LEIA MAIS
Morte de atleta que abandou a NFL para lutar no Iraque e no Afeganistão completa 15 anos
Torcida do São Paulo lamenta morte de Daniel no Twitter
Morte de Luiz Carlos Fabrini repercute nas redes sociais; veja tweets