Torcedor vai ao Morumbi assistir Brasil x Bolívia, mas desiste após esposa pedir socorro

Jogo disputado nesta sexta-feira (14) inaugurou a Copa América 2019 e foi realizado no mesmo dia de uma Greve Geral que ocorreu em vários estados do Brasil

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

47.260 pessoas foram ao Morumbi para assistir Brasil x Bolívia. No entanto, o número poderia ser maior. O torcedor Gabriel Mota desistiu de acompanhar a partida, quando estava na porta do estádio.

Isso porque a esposa, Yara Dias, sentiu medo em um dos metrôs de São Paulo. “Foi muito difícil estar na porta do estádio e ter que desistir”, lamentou Mota, antes de Brasil x Bolívia começar.

“Mas quando a Yara mandou mensagem avisando que estava em perigo, não tinha mais cabeça para o jogo. E ela ainda estava com um priminho de dez anos”, contou, ao Torcedores.com.

“Encontrei eles e está tudo bem. Mas confesso que fiquei triste por não ter visto o jogo. Mas a vida é assim, nos obriga a fazer escolhas”, relatou o torcedor.

“Entre a segurança de uma criança e minha esposa ou um jogo, não dá para pensar duas vezes”, prosseguiu.

De acordo com Mota, um dos fatores que fez a esposa sentir insegurança foi a Greve Geral realizada no mesmo dia de Brasil x Bolívia.

“O clima estava pesado. E as frotas do metrô reduzidas. Aí toda a galera da manifestação voltou para pegar o metrô na mesma hora que o pessoal do trabalho. E muitos que trabalham são pró-Bolsonaro”, disse.

“Ela (Yara) ficou com medo porque ela e o primo estavam esmagados no metrô devido a lotação. E decidiram descer uma estação antes. Mas era um setor perigoso”, narrou Mota.

“A ideia era ela chamar um Uber para voltar para casa, mas estava dando muito caro”, finalizou.,

Dentro de campo, o jogo Brasil x Bolívia terminou 3a 0 para a seleção brasileira. Coutinho fez dois gols e Éverton ‘Cebolinha’ fez o terceiro.

Leia também:

Neymar é “top 3 do mundo”, afirma Tite que fala da lesão do jogador: “que tenha saúde, luz e se recupere”

Casemiro diz que Brasil é favorito na Copa América mesmo sem Neymar: “obrigação de vencer e jogar bem”