Fernando Torres é o 8º campeão mundial com a Espanha a se aposentar; veja a lista

Torres, Puyol, Xavi, Valdés… Todos foram campeões do mundo com a Espanha e se aposentaram. Relembre:

Paulo César Desidério Costa
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Facebook Fernando Torres

Os amantes do futebol não verão mais o atacante Fernando Torres em atividade. O agora ex-jogador espanhol anunciou nesta sexta-feira (21) que irá pendurar as chuteiras. De acordo com números do portal Transfermarkt, El Niño fez 706 partidas e anotou 252 gols ao longo dos mais de 48 mil minutos de sua carreira com as camisas do Atlético de Madrid, Liverpool, Chelsea, Milan e Sagan Tosu do Japão.

Torres fez história pela seleção espanhola. Por lá, conquistou dois títulos, sendo a Euro de 2008 e a Copa do Mundo de 2010. Onde jogou três Eurocopas e três Copas do Mundo, sendo campeão uma vez de cada competição. Com sua retirada dos gramados, o atacante se torna o 8º jogador espanhol campeão do mundo em 2010 a se aposentar. Relembre:

Puyol

O zagueiro Carles Puyol deixou os gramados em 2014. O ex-capitão do Barcelona sofria com problemas físicos sucessivos e colocou ponto final na carreira aos 35 anos de idade, com 15 anos (1999-2014) dedicados exclusivamente ao Barcelona e à seleção espanhola. Um dos maiores zagueiros da história, Puyol é tricampeão da UEFA Champions League, tendo vencido o torneio continental nas temporadas 2005-06, 2008-09 e 2010-11.

Capdevila

Em 2015, o lateral-esquerdo Joan Capdevila foi o segundo espanhol campeão do mundo a deixar o futebol. Após passagens por Espanyol, Atlético de Madrid, La Coruña, Villarreal, Benfica e NorthEast United da Índia, o jogador saiu de cena do mundo da bola em 2015, após defender o Lierse da Bélgica.

Marchena

O 3º espanhol campeão do mundo em 2010 a se aposentar também era defensor. Jogando pelo Kerala Blasters, da Índia, o zagueiro Carlos Marchena pendurou as chuteiras com 36 anos. O jogador foi revelado pelo Sevilla no final da década de 90 e jogou ainda por Benfica, Valencia, Villarreal e La Coruña.

Arbeloa

Álvaro Arbeloa deixou os gramados com 34 anos de idade em 2017, quando jogava pelo West Ham. O lateral-direito foi revelado pelo Real Madrid em 2004, onde teve uma segunda passagem entre 2009 e 2016. Jogou ainda por La Coruña e Liverpool.

Xabi Alonso

Notável volante espanhol, Xabi Alonso também se retirou do futebol em 2017. Revelado pela Real Sociedad em 1999, jogou pelo Eibar. Seu auge foi a partir de 2005, quando jogou pelo Liverpool e seguiu para o Real Madrid. Pelos dois clubes, se sagrou bicampeão da UEFA Champions League. Encerrou a carreira aos 35 anos pelo Bayern de Munique, depois de quatro temporadas pelo clube bávaro.

Victor Valdés

O goleiro reserva do título mundial da Fúria encerrou sua carreira em 2017. Icônico goleiro tricampeão da UEFA Champions League com o Barcelona, clube que defendeu de 2002 a 2014, teve também passagem apagadíssima pelo Manchester United, jogou emprestado no Standard de Liège da Bélgica por pouquíssimo tempo. Deixou o futebol no início de 2018, quando jogava pelo Middlesbrough.

Xavi

O maior craque entre os campeões do mundo que já se aposentaram até então foi Xavi Hernández. Camisa 6 do Barcelona e 8 da seleção espanhola, o meio-campista foi atleta da equipe culé de 1998 a 2015. Xavi se aposentou no Al-Sadd do Qatar, no dia 20 de maio de 2019. O espanhol se tornou treinador do time qatari. Multicampeão, o ex-jogador de 39 anos conquistou 30 títulos oficiais por clubes (é tetracampeão da UEFA Champions League) e quatro pela seleção da Espanha. Foi considerado por três vezes o 3º melhor jogador do mundo pela FIFA, em 2009, 2010 e 2011.

LEIA MAIS: 

Liverpool deseja “feliz aposentadoria” a Fernando Torres e torcedores lamentam: “nunca deveria ter saído”