Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vizinha do Allianz Parque entra na Justiça e pede R$ 3 milhões de reais por danos causados pela arena, diz blog

A ação da vizinha do Allianz Parque é inicialmente contra a WTorre, a Real Arenas (empresa ligada à arena), o Palmeiras e a prefeitura.

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Divulgação / Allianz Parque Facebook

Uma moradora de um prédio que fica na Rua Palestra Itália entrou com uma ação na Justiça contra o Allianz Parque e cobra indenização no valor de R$ 3 milhões, de acordo com o Blog do Perrone. Ela alega que danos foram causados pela rotina da arena palmeirense.

A mulher também pede para que a arena do Palmeiras só funcione duas vezes na semana e quer o fechamento administrativo do local para que sejam solucionados supostos problemas relacionados à lei do silêncio.

A ação da vizinha do Allianz Parque é inicialmente contra a WTorre, a Real Arenas (empresa ligada à arena), o Palmeiras e a prefeitura. Mas, o municio de São Paulo não é citado do requerido, no site do Tribunal da Justiça de São Paulo.

O Blog do Perrone informou ainda que o magistrado deu dez dias de prazo para a autora apresentar documento que justifique a solicitação de Justiça gratuita antes de dar prosseguimento ao caso. A assessoria de imprensa do Allianz Parque disse que ainda não houve a notificação, enquanto o departamento jurídico do Palmeiras informou que não iria se manifestar.

Os advogados da mulher afirmam que a arena passou a comportar um público maior e a ser usada mais vezes por conta de shows sem consultar e nem respeitar a vizinhança. A ação ainda relata que o barulho nos dias de jogos e shows extrapolam os limites legal e a moradora afirma que seu imóvel desvalorizou, fazendo assim, ela pedir R$ 1 milhão de indenização por danos materiais.

A vizinha da arena também alega que teve problemas de saúde por causa do barulho no Allianz Parque, que faz ela tomar medicação controlada, e por danos morais cobra R$ 2 milhões.

LEIA MAIS:

Destaques na base do Palmeiras, goleiro e volante treinam com a seleção brasileira

Venda de lateral do Cruzeiro ao Palmeiras apresenta irregularidades, diz site

Mercado da bola: Clube da Série B anuncia a contratação do atacante Willians, ex-Palmeiras e Fluminense