Adriano é acusado de agressão a promoter em boate no Rio de Janeiro

Adriano Imperador negou as acusações; Polícia Civil investiga o caso

Paulo César Desidério Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Instagram Adriano Imperador

Distante das quatro linhas, aos 37 anos Adriano Imperador vê seu nome mais uma vez envolvido em polêmica. Um promoter o acusou de agressão, que teria ocorrido no último domingo (07) na boate Vitrinni Lounge, localizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

De acordo com informações do jornal Extra, Yuri Monteiro, de 27 anos, registrou Boletim de Ocorrência na 16ª DP. Adriano teria tentado partir para cima da suposta vítima e acabou sendo contido por amigos e seguranças da boate. O ex-jogador teria arremessado um copo contra o rapaz e feito ameaças.

O motivo da agressão estaria no fato de Yuri ser amigo de uma ex-namorada de Adriano, identificada como Micaela Mesquita. Yuri relatou à Polícia que teve que sair pela porta dos fundos, por medo de uma eventual agressão. Seu registro foi feito como ameaça. Um inquérito foi instaurado e a equipe de investigação solicitará imagens das câmeras de segurança do interior do local onde Yuri e Adriano estiveram.

“Ele tentou me agredir e pediu para os seguranças me tiraram da boate. Nunca fiz nada contra ele. Não tem motivo para ele ter essa raiva de mim. Tudo foi por causa de ciúme de uma ex-namorada, que não tem nada a ver. Estou me sentindo ameaçado e com medo de andar na rua e ele mandar fazer alguma coisa contra mim”, declarou Yuri ao jornal Extra, revelando ainda que já havia participado de festas na casa do Imperador, devido à relação de amizade com a ex-namorada do jogador. Entretanto, alegou nunca ter sido próximo ao ex-atleta.

Defesa de Adriano nega

As acusações foram veementemente negadas pela defesa de Adriano Imperador. Também ao jornal Extra, o advogado de Adriano, Diogo Souza, afirmou que o jogador que “tal fato será facilmente esclarecido na Justiça”.

LEIA MAIS

‘Faríamos uma dupla incrível’, diz Adriano Imperador sobre Icardi na Inter