Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Argentina vence o Chile e fica com o 3º lugar da Copa América 2019

Em jogo marcado pela expulsão de Lionel Messi, a Argentina se despediu da Copa América vencendo o Chile por 2×1

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, amante de MMA e Pro-Wrestling, profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Reprodução/Seleção Argentina

Não foi como os ‘hermanos’ esperavam, mas a Argentina se despediu bem da Copa América 2019. Placar de 2×1 contra o Chile na Arena Corinthians, e a seleção argentina termina a competição em 3º lugar.

O JOGO

A partida começou com a Argentina melhor. O time de Messi se movimentou bastante, o que confundia a zaga chilena. Aguero assustou logo aos seis minutos de fora da área, mas aos 11 não ficou só no susto.

Messi cobrou falta rapidamente, e deixou o atacante do City na cara do gol. Aguero ainda driblou o goleiro Arias para abrir o placar na Arena Corinthians. 1×0 para os ‘hermanos’. Chilenos reclamaram e com razão, que Messi teria cobrado a falta com a bola em movimento, mas o juiz não pediu a revisão do VAR.

O Chile até tentou reagir, mas sem sucesso. A Argentina era mais organizada e ainda chegava com mais perigo. Messi arriscou da entrada da área, para boa defesa de Arias.

Aos 21 minutos, mas um golpe na seleção chilena. Lo Celso lançou Dybala, que dominou com categoria e encobriu o goleiro com extrema frieza e habilidade. 2×0 para Argentina.

O jogo começou a ficar pegado, e com muitas faltas. O Chile não mostrava poder de reação e a Argentina controlava o jogo. Dybala quase marcou mais um golaço aos 30 minutos. De voleio, o atacante assustou mais uma vez o gol chileno.

O Chile como na maioria dos jogos, tinha mais posse, entretanto, sem efetividade.

Aos 36 minutos, o lance mais emblemático de jogo. Medel e Messi se estranharam e chegaram a trocar empurroões. O juizão não pensou duas vezes, e expulsou ambos os jogadores. Isso mesmo. Messi foi expulso! A torcida passou a pegar no pé do juizão a partir daí. Muitos vieram apenas para ver o argentino do Barcelona. O jogo seguiu arrastado e o placar se manteve. Argentina 2×0 Chile.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o domínio argentino se mantinha. Logo no início, enquanto Jara era atendido por contusão, a Argentina chegou com Dybala. Arias defendeu e a zaga afastou.

Argentina seguia melhor, mas aos 10 minutos, o juiz marcou pênalti em Aranguiz. Vidal chutou no meio do gol e estufou a rede de Armani. 2×1.

O Chile melhorou após o gol e chegou com Junior Fernandes chutando pra fora e Vargas parando em boa defesa de Armani. Entretanto, a Argentina chegava nos contra ataques, e quase marcou o terceiro com Aguero. O atacante aproveitou bom passe de Di Maria e tentou mais uma vez driblar Arias, mas dessa vez o goleiro chileno se deu melhor. Em mais um contra ataque, a dupla argentina voltou a dar trabalho. Bola de Di Maria e chute de Aguero. Dessa vez, para fora.

O jogo seguiu com posse chilena sem eficiência, e tentativa de contra ataque por parte do ataque argentino. Mas as boas chances pararam por aí. Fim de jogo: Argentina 2×1 Chile.

 

LEIA MAIS
Argentina x Chile: assista aos melhores momentos do jogo