Arnold Schwarzenegger: carne para ganho de músculos não é necessário

Arnold Schwarzenegger indica que a proteína animal não é vital para o ganho de músculos

Bruno Wang
Redator e Pós Graduado em Jornalismo Esportivo. Ama Futebol e o Esporte.Redator Sênior do Torcedores.comPara um pouco mais de mim, pode me escrever: Brunocom26@gmail.com

Crédito: Reprodução Youtube

O exterminador do futuro e ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger defende de forma veemente que não é necessário uma dieta com base em carne e seu consumo para o ganho de músculos.

Arnold afirmou isto no documentário The Game Changers, com estreia marcada para o dia 16 de setembro. O que hoje é considerado um mantra entre a comunidade fitness, na verdade é marketing.

Veja o Trailer (com legendas em português).

Quem melhor que o Mr.Universe e sete vezes campeão do concurso de fisiculturismo Mr. Olympia, Arnold Schwarzenegger para falar disso?

O austríaco declarou recentemente: “eu já comi muita carne. Eles mostram esses comerciais – ‘Bife é o que um homem come’ – vendendo a ideia de que um homem de verdade come carne. Mas você tem que entender que isso é marketing. Isso não é baseado na realidade”.

Arnold relembra que acreditava nessa orientação quando era mais jovem. O objetivo do documentário é comprovar que atletas ou entusiastas do esporte não tenham como necessidade o consumo de carne.

No trailer fica claro que os maiores gladiadores de Roma, por exemplo, eram vegetarianos. O Documentário ainda conta com a produção de nomes de peso como James Cameron e Lewis Hamilton.

O ano de 2017 provou ser a inflexão para a lenda dos cinemas. O Arnold Schwarzenegger que é conhecido hoje, usa suas mídias sociais para influenciar sua dezena de milhares de seguidores para deixar o consumo de carne de lado.

Schwarzenegger é um homem quem pensa nas gerações que ainda virão. Para frente. Além de criticar o impacto que a dieta com carne provoca na natureza, é referência na questão da renovação da saúde do planeta. O ator é comprometido com a questão da mudança climática no mundo.

Em maio de 2019 organizou o o Austrian World Summit, em Viena, para ajudar a referendar o acordo de Paris acerca do clima. Seu pedido é que as autoridades parem de tentar iludir as pessoas e passem a investir em energia verde.

Para ele, cedo ou tarde, se não houver mudanças a conta deve chegar. E vai sair caro.

LEIA MAIS

A DIFERENÇA DAS DORES: PÓS TREINO E DE LESÃO