Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético x Cruzeiro: assista aos melhores momentos do clássico no Independência

O Galo conseguiu vencer a Raposa, mas o placar de 2 a 0 favoreceu ao clube celeste, que continua na Copa do Brasil

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Bruno Cantini/CAM/divulgação

Atlético e Cruzeiro foram a campo, no Independência, para os últimos 90 minutos das quartas de final da Copa do Brasil. Quando a bola rolou, o que se viu foi um Galo aguerrido, com maior posse de bola e buscando o placar. No final, os comandados de Rodrigo Santana venceram por 2 a 0 (Cazares e Patric), mas o placar foi insuficiente para a vaga nas semifinais, que ficou com o Cruzeiro. Vale lembrar que, no primeiro clássico, o time de Mano Menezes venceu por 3 a 0.

Outro lance que chamou a atenção no clássico foi o gol do Cruzeiro de Pedro Rocha, anulado após a arbitragem consultar o VAR. Logo após a rede balançar, os atacantes Alerrandro, do Galo, e David, da Raposa, se desentenderam e foram expulsos.

Com a classificação para as semifinais da Copa do Brasil, o Cruzeiro vai embolsar R$ 6,7 milhões por participar desta fase do torneio. Somando o valor já arrecadado nas oitavas, o clube celeste embolsa R$ 12,35 milhões. Vale lembrar que, o campeão da competição receberá mais R$ 52 milhões, enquanto o vice R$ 21 milhões.

Após o emocionante clássico, o Cruzeiro volta a campo já no final de semana, assim como o Atlético. Em ambos compromissos pelo Campeonato Brasileiro, a Raposa visita o Bahia, enquanto o Galo recebe o Fortaleza.

Atlético x Cruzeiro

Motivo: jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil

Estádio: Independência

Data e horário: quarta-feira, 17 de julho de 2019, às 19h15

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Árbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto (SP)

ATLÉTICO

Victor; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Jair (Ricardo Oliveira, aos 24’ do 2ºT); Otero (Geuvânio, aos 18’ do 2ºT), Elias (Luan, aos 11’ do 2ºT) Cazares e Chará; Alerrandro

Técnico: Rodrigo Santana

CRUZEIRO

Fábio; Orejuela, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho (Jadson, aos 17’ do 2ºT) e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (Dodô, aos 37’ do 2ºT) e Fred (David, aos 13’ do 2ºT)

Técnico: Mano Menezes

Gols: Cazares, aos 34’ do 1ºT, e Patric (ATL)

Cartões amarelos: Ricardo Oliveira, aos 38’, Cazares, aos 38’ e Luan, aos 50’ do 2ºT (ATL); Egídio, aos 47’ do 1ºT, Robinho, aos 17’, Pedro Rocha, aos 18’ e Fábio, aos 23’ do 2ºT (CRU)

Cartões vermelhos: Alerrandro, aos 19’ do 2ºT (ATL); David, aos 19’ do 2ºT (CRU)

LEIA MAIS:

CABELO RASPADO, TINGIDO E TATUAGEM: AS PROMESSAS DOS TORCEDORES DO GALO EM CASO DE VIRADA NA COPA DO BRASIL