Bragantino vence a Ponte Preta de virada e se mantém na liderança da Série B

Com um a menos e de virada, o Bragantino venceu a Ponte Preta por 2×1, no Nabizão, em Bragança Paulista. O jogo foi válido pela 11ª rodada da Série B

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Twitter Oficial - Bragantino

Foi sofrido! Chorado! Mas o Bragantino conseguiu se manter na liderança da Série B. Vitória por 2×1 em cima de adversário direto, Ponte Preta.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O JOGO

A Ponte Preta não se intimidou por estar jogando fora de casa e foi pra cima do Bragantino. Logo aos três minutos, Marquinhos recebeu a bola e avançou na linha de fundo. O ponta cruzou na área e Rayne afastou o perigo. Aos seis foi a vez de Camilo. Agora quem chegou pela ponta foi Diego Renan, que achou o volante livre, pra cabecear muito perto do gol de Júlio César. Aos 11, mais uma vez Camilo saiu sozinho na diagonal, e estufou o peito do goleiro do Bragantino. Pressão total da Macaca!

O Bragantino só foi assustar aos 16. Em recuo errado da zaga, o goleiro Ivan da Ponte, teve que sair de carrinho para abafar. Mas já aos 18, a Macaca voltou ao ataque. Camilo finalizou, e Roger desviou a bola quase em cima da linha, o que resultou no impedimento do atacante.

Aos 27, o Bragantino voltou a atacar com Claudinho de fora da área. Aos 34, o atacante achou Ytalo na área, que desviou e quase marcou. Nessa altura, o jogo já estava equilibrado e muito bom. Nível de líder e vice-líder.

Mas o gol só saiu aos 40 minutos. E foi do time de Campinas. Diego Renan cobrou falta e achou Edson, que de cabeça tirou de Júlio César. Ponte Preta 1×0. Com o resultado, a Ponte assumia a liderança da Série B. E o primeiro tempo terminou assim.

SEGUNDO TEMPO

O Bragantino precisava mudar, e a escolha feita foi a entrada de Morato. Mas antes de qualquer estratégia em ação, um golpe duro para o time de Bragança Paulista. Aos sete minutos, o atacante Wesley foi expulso após agressão em Diego Renan.

O time da casa tinha um a menos e precisava virar a partida. Missão nada fácil! Nem tanto para Ytalo. Após cobrança de falta de Edimar, o goleiro Ivan rebateu. Aderlan aproveitou o rebote e cruzou na cabeça do atacante do Bragantino. Ytalo é o nome do gol de empate. Bragantino 1×1 Ponte Preta.

A resposta da Ponte já foi aos 19. Roger recebeu de Bill na área, e bateu no contra-pé de Júlio César, que fez grande defesa. O lado esquerdo era o caminho da Ponte naquele momento.

Independente dessa chance, o Bragantino melhorou e muito, após a expulsão de Wesley. Aos 32, Morato quase fez o gol da virada. Edimar cruzou e o atacante pulou de peixinho, mas não pegou em cheio. Porém, o prêmio veio aos 36. Mais um cruzamento de Edimar, que a zaga afastou mal. A sobra foi pra Morato, que encheu o pé, e mandou no cantinho de Ivan. Foi o primeiro gol de Morato com a camisa do Braga e foi o gol da virada! 2×1.

A Ponte foi para o ‘tudo ou nada’. João Carlos entrou no ataque, no lugar do zagueiro Reginaldo. A pressão só deu resultado aos 44. Matheus Vargas chutou de fora, mas Júlio César defendeu sem dar rebote. Ainda deu tempo de uma última chance aos 47. Trevisan cruzou rasteiro pra dentro da área, e Roger entrou de carrinho, mas não alcançou a bola. E o jogo terminou assim. Bragantino 2×1 Ponte Preta (De virada).

SEQUÊNCIA NA SÉRIE B

Com o resultado, o Bragantino conseguiu de maneira heroica se manter na liderança da Série B. O Braga vai agora até Goiânia, onde enfrenta o Vila Nova, no próximo sábado(27). Também no dia 27, a Ponte vai até a Bahia, onde encara o Vitória no Barradão.

 

LEIA MAIS
Luan decisivo, queda do líder e São Paulo iludindo: veja os melhores memes da 11ª rodada do Brasileirão