Com Pia Sundhage, seleção feminina do Brasil chega a 13 técnicos na história; veja a lista

Aos 59 anos, Pia Sundhage assume a seleção brasileira de futebol feminino após a eliminação precoce no Mundial da França

Bruno Barbato
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Figueiredo - CBF

Pia Sundhage é a mais nova treinadora do Brasil. A sueca foi anunciada na manhã desta quinta-feira (25). Ela chega para assumir o lugar deixado por Vadão, após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina de 2019, na França.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Ela chega credenciada pelos títulos dos Jogos Olímpicos de 2008 e 2012 com a seleção dos Estados Unidos. Em Pequim, ela foi a treinadora da equipe que derrotou as brasileiras na final. Depois disso comandou a Suécia e as levou a medalha de prata nas Olimpíadas de 2016. Em 2012 ela foi eleita pela Fifa como a melhor treinadora do mundo.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Confira a lista de técnicos da seleção brasileira de futebol feminino:

Fernando Pires

Foi o treinador na primeira Copa do Mundo, em 1991.

Ademar Fonseca

Assumiu em 1994 e foi o comandante da seleção na Copa do Mundo de 1995.

Zé Duarte

Treinou o Brasil pela primeira vez em 1995, após o Mundial. Foi técnico nas Olimpíadas de 1996 e 2000.

Wilson de Oliveira

Comandou a seleção brasileira na excelente campanha da Copa do Mundo em 1999, que terminou com a medalha de bronze no torneio disputado nos Estados Unidos.

Paulo Gonçalves

Em 2002 se tornou técnico do Brasil. Conquistou o Campeonato Sul-Americano no mesmo ano e foi ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003. Levou a seleção ao quinto lugar na Copa do Mundo de 2003 e foi quem lançou Marta pela primeira vez.

René Simões

Foi o técnico do primeiro torneio de impacto da geração de Marta e Cristiane. Levou o país à medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2004.

Luiz Antônio

Comandou o Brasil entre os anos de 2004 e 2006, sem participar de grandes torneios.

Jorge Barcellos

Eis o técnico que comandou a geração de Marta em seu auge. Com Jorge, o Brasil sagrou-se campeão dos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. Mas, bateu na trave na Copa do Mundo de 2007 e nos Jogos Olímpicos de 2008, sendo derrotado nas finais por Alemanha e Estados Unidos respectivamente. Voltaria para comandar a seleção nas Olimpíadas de 2012.

Kleiton Lima

Outro que comandou a seleção no auge. Mas, o Brasil acabou derrotado pelos Estados Unidos nos pênaltis nas oitavas da Copa do Mundo de 2011.

Márcio Oliveira

Foi técnico da seleção feminina entre os anos de 2012 e 2014.

Vadão

Teve duas passagens. Na primeira parou nas oitavas da Copa do Mundo de 2015 e ficou na quarta posição nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Voltou em 2017 para ser o técnico na Copa do Mundo de 2019. Novamente parou nas oitavas.

Emily Lima

Comandou o Brasil entre as duas passagens de Vadão. Acabou demitida em setembro de 2017. Foi a primeira mulher a comandar a seleção brasileira.

LEIA MAIS

Conheça Pia Sundhage, a nova técnica da seleção brasileira