Copa Sul-Americana: o que mudou nos times brasileiros com a parada da Copa América?

Torneio continental está de volta para os clubes brasileiros após dois meses. Corinthians, Atlético-MG, Fluminense e Botafogo são os quatro representantes do futebol brasileiro

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Facebook Athletico Paranaense

Após dois meses por conta da parada da Copa América, a Copa Sul-Americana está de volta para os times brasileiros que entram em campo a partir desta terça-feira (23).

Assista ao vivo os melhores jogos da Copa Sul-Americana de graça por 1 mês. Aproveite o lançamento do DAZN Brasil!

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Corinthians, Atlético-MG, Fluminense e Botafogo são os quatro representantes brasileiros que seguem vivos na Copa Sul-Americana. Todos mudaram até o retorno da competição internacional.

1- Corinthians

Primeiro representante brasileiro na Copa Sul-Americana, o Timão enfrenta o Montevideo Wanderers nesta quinta-feira (25), às 21h30. O jogo de volta está programado para o dia 1 de agosto, às 21h30.

1.1 – O que mudou?

A equipe treinada por Fábio Carille melhorou na Série A. Subiu do 10° para o 9° lugar, até o fechamento desta reportagem. O retrospecto pós-Copa América é de uma vitória e um empate.

O clube paulista mexeu no elenco. O zagueiro Gil foi recontratado após quatro anos no futebol chinês. Além disso, o atacante paraguaio Romero não renovou contrato e saiu.

2- Atlético-MG e Botafogo

As equipes realizam um confronto brasileiro nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. O jogo de ida está marcado para esta quarta-feira (24), às 21h30. Os clubes voltam a duelar no dia 31, no mesmo horário.

2.1 – o que mudou no Atlético-MG?

O time mineiro é o único representante da lista que esteve envolvido na Copa do Brasil após a Copa América. O Galo foi eliminado pelo Cruzeiro.

Na Série A, entretanto, a equipe liderada pelo técnico Rodrigo Santana melhorou. Subiu de 5° para o 4° lugar. Além disso, acumula o retrospecto de duas vitórias, um empate e uma derrota.

O time também se movimentou no Mercado da Bola. O meio-campista Otero voltou de empréstimo. Além disso, o lateral Lucas Hernández foi contratado junto ao futebol uruguaio.

Por outro lado, o volante Adilson foi obrigado a se aposentar do futebol. Ele identificou um problema cardíaco.

O ex-jogador se tornou auxiliar-técnico de Rodrigo Santana, treinador que foi efetivado no decorrer da Copa América.

2.2 – O que mudou no Botafogo?

Terceiro representante brasileiro na Copa Sul-Americana, o Botafogo se manteve em sétimo lugar na Série A, até o fechamento desta reportagem.

O retrospecto de jogos após a Copa América é de um empate e uma derrota. Para o restante da temporada, o Glorioso se reforçou com a chegada do jogador Biro-Biro.

3- Fluminense

O Tricolor Carioca encara o Peñarol nesta terça (23), às 21h30, pelas oitavas da Copa Sul-Americana. O jogo de volta está marcado para o dia 30, às 21h30.

3.1 – O que mudou no Fluminense?

O Fluminense mudou dentro e fora de campo durante a parada da Copa América. Na Série A, o time caiu de 16° para 17° lugar e entrou na zona de rebaixamento.

O retrospecto é de um empate e uma derrota. Para melhorar na tabela, o time comandando por Fernando Diniz contratou o meio-campista Nenê.

Fora de campo, um novo comando. O advogado Mário Bittencourt foi eleito o novo presidente para mandato de três anos e meio. Ele sucede Pedro Abad.

Leia também:

Libertadores: o que mudou nos times brasileiros com a parada da Copa América?