Cruzeiro x Atlético-MG: confira quem leva a melhor no retrospecto do clássico

Duelo desta noite será o quarto entre as duas equipes na temporada 2019

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino
Cruzeiro x Atlético-MG

Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro

Em momentos totalmente distintos, Cruzeiro x Atlético-MG duelam nesta quinta-feira (11), às 20h, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Enquanto o Galo se encontra nas primeiras posições do Brasileirão e vivencia um momento tranquilo na temporada, o cenário do arquirrival é totalmente contrastante. Não bastasse a seca de vitórias, o time celeste ainda amarga uma das suas maiores crises nos bastidores diretivos, com investigações acerca de crimes de corrupção, falsidade ideológica, entre outros problemas.

RETROSPECTO

De acordo com informações do site oGol, – portal especializado em estatísticas – o histórico do clássico aponta um ferrenho equilíbrio entre os rivais. O Cruzeiro leva uma ligeira vantagem com 97 vitórias, contra 92 triunfos do Galo, além de 88 empates. No quesito bola na rede, a Raposa também tem uma pequena superioridade: 323 a 316.

Na atual temporada, o clássico entre Cruzeiro x Atlético-MG já foi vivenciado em três oportunidades, e o time celeste teve mais o que festejar. Após um empate na primeira fase, os rivais mediram forças na grande decisão, onde os comandados de Mano Menezes levaram a melhor após dois jogos – vencendo o primeiro por 2 a 1, e ficando no empate no segundo embate.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X ATLÉTICO

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 11 de Julho de 2018, Quinta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA)
Auxiliar: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA) e Danielo Ricardo Simon Manis(CBF).
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF)

CRUZEIRO – Fábio, Lucas Romero, Léo, Dedé, Egídio, Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves, Marquinhos Gabriel e Fred.
Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO–MG: Victor; Patric, Rever, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison, Elias e Cazares; Luan, Chará e Alerrandro
Técnico: Rodrigo Santana

LEIA MAIS:

Diretores do Cruzeiro não estavam em casa quando polícia executou mandado de busca e apreensão, afirma repórter

Dois motivos para acreditar na vitória do Atlético Mineiro contra Cruzeiro

Copa do Brasil: confira o ranking das equipes com mais vitórias na história