Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-companheiro de Diego no Flamengo, Muralha sai em defesa do meia: “Sei como é doloroso ser o único crucificado”

Atualmente no Coritiba, o goleiro Alex Muralha defendeu Diego após o pênalti perdido na eliminação do Flamengo pelas quartas de final da Copa do Brasil

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Diego Ribas twitter oficial

A eliminação do Flamengo diante do Athletico Paranaense nas quartas de final da Copa do Brasil segue repercutindo. Um dos principais alvos das críticas de torcedores e da imprensa é o meia Diego, que abriu a decisão por pênaltis desperdiçando sua cobrança ao tentar uma cavadinha. Velho conhecido da torcida do Fla, o goleiro Alex Muralha (hoje no Coritiba) saiu em defesa do ex-companheiro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“Acho que quando se perde, perde o grupo e não apenas um jogador. Eu trabalhei com ele, ele sempre batia e bate muito bem pênalti, daquela maneira que ele bateu. O que está se fazendo com ele, culpar só ele por aquilo, acho muito injusto”, disse o jogador que fez parte do elenco do Flamengo entre 2016 e 2018 e atualmente está emprestado pelo clube carioca ao Coritiba.

Muralha relembrou a situação semelhante que viveu no Rubro-Negro, quando foi fortemente criticado pelas más atuações, sobretudo na eliminação contra o Paraná, na Primeira Liga, em 2017: “Eu passei por isso, eu sei como é doloroso você ser crucificado, o único por uma derrota. Não é legal, mas futebol é assim, aqui no Brasil é assim”. 

No Coxa, o experiente goleiro é reserva de Wilson, porém afirma que reencontrou o prazer de jogar futebol no clube paranaense e chegou a recusar propostas de times nos quais seria titular para permanecer defendendo o alviverde: “Estou muito feliz de estar aqui, de estar podendo fazer parte de um grupo. Eu estava treinando separado e isso me incomodava muito porque nunca tinha vivido isso na minha carreira profissional”, finalizou Muralha.

O Flamengo foi eliminado nos pênaltis pelo Athletico Paranaense em pleno Maracanã, na última quarta-feira (17),  após dois empates nos jogos de ida e volta. Além de Diego, Vitinho e Everton Ribeiro também desperdiçaram suas penalidades.

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Dirigentes do Flamengo retornam ao Brasil sem acerto com Filipe Luís, mas negociação segue em andamento