Diretoria do Palmeiras se irrita com dirigentes do Inter e espera clima hostil em jogo de volta, diz blog

Palmeiras e Internacional se enfrentam novamente nesta semana para decidir a vaga à semifinal da Copa do Brasil

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/AG. Palmeiras/Divulgação

De acordo com o blog do jornalista Alexandre Praetzel, do Yahoo, a diretoria do Palmeiras está irritada com os dirigentes do Inter por causa das declarações após a derrota no jogo de ida pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Segundo o blog, em contato com um integrante do alviverde paulista,“todos no clube estão reclamando e esperando um clima hostil em Porto Alegre, para o jogo de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil”.

A publicação se refere às declarações do presidente do Inter, Marcelo Medeiros, e do diretor de futebol, Roberto Melo, relatando ameaças de morte no camarote do Allianz Parque durante a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras. Segundo a reportagem, a pessoa de dentro do clube paulista disse que as declarações “foram uma criação de uma situação para esquentar o confronto do Beira-Rio”.

Depois do primeiro jogo, os dirigentes colorados deram as seguintes declarações:

“Lamentável o tratamento que recebemos no camarote do Palmeiras. É um camarote ao lado, não é de uma torcida comum. Fomos hostilizados, ameaçados de morte. Isso nunca ocorreu. Presidente de clube ameaçado por um senhor, algumas pessoas que estavam no camarote ao lado”, afirmou Melo.

“Não me ameaça, porque o Inter não é clube para ser ameaçado. Somos muito grandes, temos uma história muito bonita, uma tradição que tem que ser respeitada. Não vai ser nenhum senhor de cabelo branco nem ninguém mais moço que vai colocar o dedo na cara do presidente do Internacional e vai dizer que vai matar ele”, disse Medeiros.

Com esse clima tenso, o Internacional recebe o Palmeiras nesta quarta, às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio, pela volta das quartas da Copa do Brasil. O alviverde venceu o primeiro jogo por 1 a 0.

LEIA MAIS: