Filipe Luís, Gerson, Cabrera, Cuéllar… VP do Flamengo atualiza sobre negociações

Rubro-negro segue no mercado em busca de reforços para a segunda metade do Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Reprodução

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, atualizou nesta quarta-feira (03) o panorama das negociações do clube que estão em andamento para esta janela de transferências. O dirigente respondeu aos jornalistas após a coletiva de Léo Duarte e tratou sobre Filipe Luís, Gerson, Cuéllar, entre outros nomes.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Gerson

O Flamengo se reuniu com o jogador e seus agentes nesta semana e a conversa foi considerada boa por ambas as partes. Agora a negociação é entre o rubro-negro e a Roma, que já tem em mãos as condições do Fla.

Leandro Cabrera

Marcos Braz não confirmou e nem negou a negociação. Se limitou a dizer que não era ele que estava a frente das conversas.

Filipe Luís

A postura do Flamengo é a mesma: esperar a resposta do jogador após a Copa América. Clube acredita que se fosse da Espanha e não do Brasil, Filipe Luís já teria se decidido, porém a mudança de vida ainda precisa ser estudada com a família. Para não ‘ficar refém’ de um único jogador, diretoria estuda outros nomes no mercado.

Cuéllar

Marcos Braz revelou que irá fazer uma reunião com o colombiano e seus agentes nos próximos dias para entender suas vontades. Porém, a princípio, ele é fica no Flamengo. O VP até chegou a ironizar: “não é o Flamengo que tem que se esforçar para manter o Cuéllar, são os outros clubes que tem que se esforçar para tirar o Cuéllar do Flamengo”.

LEIA MAIS

Mercado da bola 2019: acompanhe todas as movimentações do futebol brasileiro AO VIVO

Vale a pena os clubes virarem empresas? Veja prós e contras

Quanto o YouTube rende aos clubes da Série A? Veja o faturamento de junho

Veja sete jogadores que podem deixar o Brasil após a Copa América

Brasileirão 2019: veja como estaria a classificação sem o VAR