Futebol brasileiro: jogos de sábado (13) têm polêmica, reclamação e time voltando pra casa após cinco anos

Futebol brasileiro foi movimentado por jogos da Série A e Série C

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Transmissão Premiere

O futebol brasileiro foi marcado, neste sábado (13), pelo retorno da Série A 2019. Além disso, na Série C, teve clube que voltou a disputar um jogo oficial no próprio estádio, depois de cinco anos. Veja a seguir a lista completa:

1- Vasco tem gol anulado e reclama da arbitragem

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Depois de abrir o placar na partida Grêmio 2-1 Vasco, Yago Pikachu voltou a balançar as redes no segundo tempo. No entanto, teve o gol invalidado.

O árbitro, Rodolfo Marques, reviu o lance na arbitragem de vídeo, o VAR, e mudou a marcação. O ato foi contestado por vascaínos.

O técnico do time carioca, Vardelei Luxemburgo, definiu a atitude como uma vergonha. O presidente cruz-maltino, Alexandre Campello, falou em “erro imperdoável”.

2- De saída?

Após a vitória gremista, o atacante gremista Éverton ‘Cebolinha’ admitiu que pode deixar o futebol brasileiro nos próximos dias.

“Tenho proposta. Não posso falar o clube. Não garanto que jogo contra o Bahia”, declarou.

3- Brasileirão mais equilibrado

O terceiro fato que marca o futebol brasileiro neste sábado (13) é que a diferença entre o líder do Brasileirão, Palmeiras, e o vice-líder, Santos, diminuiu para três pontos.

O Verdão empatou por 1 a 1 contra o São Paulo e foi a 26 pontos. O Santos, por sua vez, chegou aos 23 pontos, após derrotar o Bahia por 1 a 0.

4- Time da Série C volta pra casa após cinco anos

O último fato que marcou o futebol brasileiro neste sábado (13) é o retorno do Remo pra casa, o estádio Baenão, depois de cinco anos longe.

O Leão empatou por 2 a 2 contra a Luverdense. O jogo foi válido pela 12ª rodada do Brasileirão Série C.

Leia mais:

Descontentamento e corte de gastos na Globo fazem narrador trocar SporTV por DAZN