Galvão “ficou triste” e tentou impedir a demissão de Mauro Naves, diz Arnaldo Cezar Coelho

Narrador esportivo tentou influenciar para que Mauro Naves permanecesse no Grupo Globo, segundo o ex-comentarista de arbitragem da emissora

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/ESPN Brasil

Galvão Bueno tentou convencer a direção da Globo para que não demitisse o repórter Mauro Naves. É o que conta Arnaldo Cezar Coelho, ex-comentarista de arbitragem da emissora.

Em entrevista concedida ao programa Bola da Vez, do canal ESPN, Arnaldo também definiu Galvão como um “amigo dos amitos”.

“A Globo te apoia em tudo. Mas se você errou não tem jeito. A regra é clara. O caso do Mauro (Naves) é engraçado porque ele é queridíssimo, um baita profissional. Mas errou”, iniciou.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“O Galvão (Bueno) ficou triste, o defendeu, mas não teve jeito. O Galvão é amigo dos amigos”, completou Arnaldo.

A entrevista vai ao ar às 0h deste sábado (27). De acordo com informações do site natelinha, Arnaldo Cezar Coelho foi entrevistado pelo apresentador, João Carlos Albuquerque, além dos jornalistas Gian Oddi e Mendel Bydlowski.

Entenda o caso

Mauro Naves foi demitido por se envolver em polêmica na acusação de estupro sofrida por Neymar.

Segundo o Notícias da TV, o repórter “teria atuado como intermediador de uma tentativa de acordo entre Neymar Jr. e o primeiro advogado de Nájila Trindade”, mulher que acusou o atacante brasileiro.

Ainda de acordo com o veículo, Mauro Naves não informou a notícia que, posteriormente, foi publicada com primazia pelo UOL. O profissional tentou “abafar” o caso, como se diz na gíria jornalística.

Leia também:

Galvão Bueno tem salário reduzido pelo Grupo Globo, informa site

Descontentamento e corte de gastos no Grupo Globo fazem narrador trocar o SporTV pelo DAZN