Guerrero dispara contra arbitragem após derrota para o Palmeiras: “Jogar assim é f…”

Atacante peruano disse que o Internacional jogou com um a menos e que é sempre difícil jogar no Allianz Parque

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

O Internacional voltou a campo após a parada para a disputa da Copa América nesta quarta-feira (10) com uma derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no Allianz Parque, em jogo válido pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Após o apito final, em entrevista à TV Globo ainda no gramado, o atacante peruano Paolo Guerrero disparou contra a arbitragem.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Complicado de jogar com o árbitro marcando tudo para eles e nada para nós. Aqui é difícil jogar, a gente joga contra um a mais. É sacanagem. Jogar assim é f…”, desabafou o camisa 9 Colorado.

Vale lembrar que o árbitro responsável pela partida foi Wilton Pereira Sampaio, que desde que foi anunciado na escala de arbitragem do jogo causou preocupação na torcida do Palmeiras por causa de atuações anteriores, incluindo uma partida contra o próprio Internacional, válido pela Copa do Brasil de 2015 – na ocasião o Verdão segurou a classificação e depois acabou sendo campeão da competição.

Curiosamente, Guerrero já havia reclamado da arbitragem no Allianz Parque após a derrota colorada para o Palmeiras em jogo válido pela rodada do Campeonato Brasileiro. “Acho que foi injusto, fizemos um bom jogo. Palmeiras chegou praticamente em escanteios. Dominamos o jogo. Mas é difícil jogar aqui contra 12 jogadores, 11 e mais um, o juiz. O árbitro ajudou eles. De 10 bolas para Dudu, 9 ele caiu e ganhou falta. Teve um lance no segundo tempo em mim que sou tocado na área. Eu falo pro juiz analisar e ele me diz que o VAR estava checando. Mas não chamou. Peço até ajuda de vocês para reverem o lance”, disparou o peruano na época.