Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Internacional será denunciado por confusão com árbitro e corre risco até de perder mando de campo, diz blog

Dirigentes e funcionários Colorados se revoltaram com a anulação do tento que sacramentaria a classificação no tempo normal

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Cesar Greco - Ag. Palmeiras - Divulgação

O Internacional pode ter um belo prejuízo pelos episódios de confusão contra o árbitro Rafael Traci registrado na última quarta, no duelo diante do Palmeiras, pela Copa do Brasil. De acordo com informações do blog do Rodrigo Mattos, do UOL Esporte, a procuradoria do STJD já tem mãos os vídeos de ataques verbais de dirigentes e funcionários do clube gaúcho ao árbitro paranaense.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Caso a denúncia se concretize, é bem provável que o STJD inclua o julgamento do artigo 2130, que coloca como uma das punições a perda de mando de campo por desordens no estádio. Cabe ao pleno analisar se esse tipo de pena pode ser ou não empregada aos fatos protagonizados no Beira-Rio.

A grande revolta dos Colorados se deu após Traci anular um tento de Víctor Cuesta depois de verificar o lance na cabine do VAR. Mesmo com a classificação gaúcha, que veio nas penalidades, as reclamações foram intensas por parte do clube gaúcho.

Na súmula da partida, Traci já havia feito o registro que sofreu várias ofensas, mencionando o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, e o vice de futebol, Roberto Melo. Um vídeo que viralizou na internet, mostra funcionários e dirigentes do Colorado descontralados, tentando intimidar o árbitro.

O artigo 2130 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) enquadra casos de desordens em praça de desportivo, invasão de campo ou lançamento de objetos no campo. As punições variam de multa até perda de mando de campo, – alternando de um a dez jogos.

O blog ainda destaque que, o Internacional deve ser denunciado pelo não cumprimento do Regulamento Geral de Competições da CBF que prevê que os clubes mandantes têm de zelar pela segurança de atletas, comissões técnicas, árbitros e assistentes. Com pena passível de multa.

Protagonistas na confusão, tanto o presidente Colorado, como Roberto Melo correm risco de punições individuais – suspensão ou multa.

LEIA MAIS:

Palmeiras recebe cobrança de R$ 625 mil na Justiça por taxas de vendas de zagueiros para a Europa, diz emissora

Rodrigo Dourado e Edenilson: as atualizações do Inter no mercado da bola

Inter anuncia três jogadores para o restante da Libertadores

As melhores notícias de esportes, direto para você