Emocionado, goleiro Magrão explica motivos que o fez deixar do Sport e diz: “Saio de cabeça erguida”

Ídolo, o goleiro Magrão defendeu o Sport por cerca de 14 anos.

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Reprodução/ Globo Esporte

Chegou ao fim o ciclo do goleiro Magrão com a camisa do Sport, mas de um jeito que ele e a torcida queria. O ídolo do Leão chegou a acionar a Justiça do Trabalho, mas time e ele entraram e acordo. O arqueiro concedeu entrevista ao Globo Esporte e emocionado falou da saída do time pernambucano.

“Foi pensado devido ao momento também que o clube teve no ano passado, onde todo mundo sabe a situação que o clube se encontrou financeiramente e quando eu fui conversar com o presidente (Milton Bivar). Ele começou a falar a situação, que tinha pego o clube numa situação complicada, que estava realmente devendo a mim, e ali o presidente fez uma proposta para mim que me deixou bastante decepcionado. Ele tinha perguntado se havia clube interessado em mim porque ele facilitaria a minha saída. Então naquele momento ali eu vi que estava fora dos planos”, disse Magrão, ao GloboEsporte.com.

O ídolo do Sport também falou do momento que está vivendo desde que deixou o clube.

“Têm sido semanas completamente diferentes do que eu vinha tendo né, já que foram 14 anos de dedicação ao clube e agora vivendo com a minha família. Já que nesses 14 anos eu me dediquei ao máximo ao clube e agora estou tendo a oportunidade de estar me dedicando à minha família.”

Emocionado, Magrão ainda falou dos 14 anos que defendeu o clube e que precisou ficar longe de sua família.

“Foram 14 anos de dedicação ao clube, fiquei longe da família. No momento em que minha esposa estava operando eu estava em campo. Então eu acho que algumas críticas são pesadas, pelo fato que eu fiz tudo pelo clube. Tudo que eu podia eu fiz. Eu errei, tive falhas, mas eu honrei essa camisa. Então eu saio de cabeça erguida porque eu fiz o melhor”, afirmou.

LEIA MAIS:

Zagueiro retorna ao Santos após quase se transferir para clube italiano

Felipão explica motivo de Scarpa estar na reserva do Palmeiras

Sampaoli envia e-mail com reclamações para a direção do Santos; saiba o motivo

Mercado da bola: Santos vende meia argentino para clube da Arábia Saudita