Marielle Franco é homenageada em barco e velejador se surpreende com grande repercussão

José Paulo de Paula é comandante do Henriette II, da década de 1940, e estampou Marielle Franco em sua vela por vê-la emblema das causas sociais e direitos humanos

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Um dos 120 barcos inscritos da 46ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela chamou a atenção do público: o modesto Henriette II, embarcação holandesa de 1946, comandado por José Paulo de Paula, que levou quatro anos para restaurá-lo. Nele, a vela há uma figura estampada que leva uma mensagem política, a de Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018 no Rio de Janeiro.

No desfile das embarcações, no último fim de semana, o barco de José Paulo dividiu aplausos e vaias no pier da Race Village, local onde houve a primeira regata da Semana de Vela. Motivo para abalo? Não para José, que exibiu o barco com orgulho. Sobrevivente da ditadura militar, nos anos 1960 e 1970, ele viu em Marielle a representante dos pobres e fragilizados, daí veio a ideia da homenagem.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

“Por uma questão de justiça eu tive sempre do lado dos mais fracos e pobres. Sempre militei em causas sociais, e continuo fazendo isso aos 65 anos de idade”, diz José Paulo ao Torcedores. O velejador disse que chegou a morar com a família por mais de um ano a bordo em alto mar e até escreveu um livro de memórias: “É proibido morar em barco”.

“A Marielle, como um emblema, ela também transcende, o ‘Marielle Vive’ se transformou em algo muito maior que a morte de Marielle. Ele ensina muita coisa sobre posicionamentos humanos. Tive essa ideia porque nas minhas convicções políticas e ideológicas eu tinha curiosidade em saber o que aconteceria em um fato desse num meio tão hermético em termos financeiros”, emenda o velejador.

José Paulo de Paula, 65, é amante de barcos antigos e adquiriu o Henriette II, de 1946, que possui apenas três modelos no mundo inteiro – Crédito da foto: Reprodução/Sivilha

Por se tratar de uma modalidade elitizada e que exige altos investimentos, mostrar o contraponto era a intenção de José Paulo de Paula. “O meio náutico não é para qualquer um, As competições de vela normalmente acontecem atrás dos muros de iates clubes, onde o público mais simples não tem acesso normalmente”, explica José Paulo, que se surpreendeu com a repercussão em cima do barco.

Surpresa na repercussão

José Paulo de Paula se disse surpreso com a alta repercussão do Henriette II com o rosto de Marielle estampado. “Nas redes sociais, muita gente comentou e se manifestou. Na minha maneira, os comentários favoráveis foram mais presentes do que as desfavoráveis. Claro que tem a turma que perde as estribeiras e parte para uma agressão (verbal), que é lamentável”, conta.

O velejador, que não tem ambições de chegar a pódio e conquistar grandes resultados na Semana Internacional de Vela, enxerga a modalidade com posições mais direitistas, porém com pessoas de esquerda conquistando espaço. “O meio náutico é avesso a essas questões mais à esquerda. Não que não haja pessoas que se posicionam, mas as coisas estão distribuídas de forma heterogênea hoje em dia em qualquer lugar, em qualquer meio.”

“Não vou muito ao Yacht Club porque não faz muito meu estilo, mesmo sendo participante das regatas. Vou quando há as premiações de regatas, mas é raro eu chegar em pódio. Quase sempre chego em último, pois meu barco é muito velho, mas tenho amigos velejadores que vão, porém no geral eu converso pouco com eles”, completa José Paulo, que até o fechamento da matéria, está firme e forte com a embarcação.

Assista ao resumo da regata desta quinta-feira (18) em Ilhabela na Semana Internacional de Vela:

As regatas foram com ventos fortes e desafiadores aos velejadores nesta quinta-feira (18) na Semana Internacional de Vela de Ilhabela. Confira no vídeo um resumo da regata que aconteceu na bela paisagem de Ilhabela, Litoral Norte de São Paulo.? Eduardo Grigaitis/Balaio/Sivilha? Marcos Mendez/Sivilha

Posted by Torcedores.com on Thursday, July 18, 2019

VEJA MAIS
Semana Internacional de Vela de Ilhabela: acompanhe tudo da competição AO VIVO
Lars Grael, sobre crise no Esporte: “Temos de separar a filantropia da ‘pilantropia’”

* O editor viajou à Ilhabela a convite da organização da Semana Internacional de Vela de Ilhabela