McLaren anuncia manutenção de Sainz e Norris na F1 para 2020

Confirmação aconteceu nesta terça-feira, e acaba com rumores de um possível retorno de Fernando Alonso à Fórmula 1 pelo time de Woking

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Carlos Sainz, McLaren MCL34

A McLaren confirmou na tarde desta terça-feira (9) a manutenção de Carlos Sainz e Lando Norris como titulares do time na temporada 2020 da Fórmula 1. A equipe utilizou as redes sociais para anunciar a dupla, afastando de vez os rumores de que Fernando Alonso, piloto do time na categoria até o ano passado, pudesse retornar ao grid do campeonato mais importante do planeta pela equipe de Woking.

Sainz já é um veterano na Fórmula 1, e chegou à McLaren no início desta temporada, e ocupa a sétima posição do campeonato de pilotos após a realização de nove corridas. Norris, por sua vez, é apoiado pela equipe inglesa desde as categorias de base, e chegou a titularidade no time de Woking no início deste ano, após ser vice-campeão da Fórmula 2 em 2018.

“Estou orgulhoso em anunciar nosso line-up de pilotos para 2020 próximos da corrida da casa da equipe, o GP da Inglaterra, neste final de semana. Carlos e Lando estão se mostrando ótimos pilotos e são parte integral em nossa recuperação. Eles têm dado uma real contribuição para o momento positivo da equipe, tanto na pista, quanto na fábrica”, disse Zak Brown, CEO da McLaren.

“O anúncio de hoje fornece à equipe a continuidade para continuar avançando. O desempenho de Carlos e Lando tem sido uma parte fundamental do progresso da equipe. O feedback deles permite que nossos engenheiros desenvolvam o carro deste ano e já olhem para o monoposto do ano que vem”, comentou Andreas Seidl, chefe da equipe McLaren.

“Carlos desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do carro usando sua experiência, enquanto Lando conseguiu acelerar de forma incrivelmente rápida e está crescendo em termos confiança. Esta é uma notícia bem-vinda para toda a equipe da McLaren e estamos ansiosos para continuar nossa parceria”, completou o representante da equipe inglesa.