Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-Corinthians ironiza Messi e Argentina: “ganharam uma Copa na ditadura e outra com gol de mão”

Johnny Herrera ironizou o craque argentino, em entrevista concedida para a agência de notícias CDF

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Reprodução/Facebook AFA

Ex-jogador do Corinthians em 2006 e atualmente na Universidade do Chile, o goleiro Johnny Herrera ironizou Lionel Messi e a seleção da Argentina.

Em entrevista concedida para a agência CDF, Johnny Herrera chamou Messi de “cara de pau”.

Isso porque o craque argentino reclamou da arbitragem depois que o time alviceleste foi eliminado na Copa América, ao perder para o Brasil.

“Tem que ser muito cara de pau para reclamar agora das arbitragens. Eles têm duas Copas do Mundo: uma durante uma ditadura e outra com um gol de mão”, disparou Herrera.

O goleiro chileno também mostrou ter boa memória. Em 2017, Messi foi suspenso por quatro jogos pela FIFA.

O jogador do Barcelona xingou a arbitragem durante a partida entre Argentina e Chile, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. No entanto, a suspensão foi retirada pelo Comitê de Apelação da entidade.

“Estávamos todos aqui. Retiraram o castigo e termina jogando bem contra o Equador. E vem falar agora”, completou Herrera.

Desabafo e acusações contra a Conmebol

Messi foi expulso na vitória por 2 a 1 sobre o Chile, último jogo da Argentina na Copa América 2019.

O resultado fez com que o time bicampeão mundial conquistasse o terceiro lugar na competição internacional.

O craque argentino, entretanto, não compareceu à cerimônia de premiação. “não temos que ser parte desta corrupção”, disparou Messi após o jogo.

Leia mais:

Imprensa argentina lembra “roubo contra o Brasil” e define expulsão de Messi: “injusta”