O que é o fenômeno que causou turbulência no voo do Palmeiras? Especialista explica

Em entrevista ao Torcedores.com, meteorologista do Inmet detalha fenômeno que assustou delegação do Palmeiras

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Os jogadores Zé Rafael e Carlos Eduardo (D), da SE Palmeiras, durante desembarque, no Aeroporto Internacional de Buenos Aires.

A delegação do Palmeiras que viajou para Mendoza, na Argentina, sofreu com uma forte turbulência que causou pânico entre todos os presentes no voo.

Funcionários do Verdão chegaram a destacar em entrevista ao site oficial que viveram momentos de “filme de terror” no avião, enquanto alguns jogadores tentavam manter a calma.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Porém, o fenômeno que atingiu o voo do Palmeiras não é novidade para a cidade de Mendoza. Conhecido como Zonda, é um fenômeno característico de regiões montanhosas e apresenta um fluxo de vento quente e intenso.

Em entrevista ao Torcedores.com, a meteorologista Nayane Araújo, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), explicou que a proximidade à cordilheira ocasionou o encontro do Zonda com o avião do clube.

“É um vento muito seco e quente, mas também muito forte. É justamente pelas montanhas, que são próximas, e ocorre esse tipo de fenômeno”, apontou a especialista.

“Esse fluxo de ar quente desce a montanha e o que acontece é que o ar de um lado da montanha começa a subir. No momento em que ele sobe, as características iniciais se perdem. Ele esfria até em cima. Quando desce a montanha outra vez, ele esquenta e volta muito forte e seco. Perde a umidade a partir do momento que ele chega à montanha. Ele desce com uma intensidade muito forte, seco e mais quente. O fluxo é quente. É um cortante de vento que atingiu a viagem. O avião vai viajando, viajando a altitude na horizontal, até que encontra com o vento descendo a montanha. Tinha uma alta pressão predominando ali e deixando o ar seco.”

Após o pânico no voo, o Palmeiras desembarcou em Buenos Aires no domingo (21) e se deslocou para Mendoza apenas nesta segunda (22). O time está preparado para entrar em campo na terça-feira (23), contra o Godoy Cruz, pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores.

Leia mais:
Torcedores do Palmeiras comemoram conquista do Mundial de 51: “história é pra quem tem”