Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rivalidade Argentina x Chile: quatro expulsões no primeiro tempo em jogos de Copa América

Em 2016, Díaz e Rojo também foram expulsos antes do intervalo, em outro Argentina x Chile. Hoje, Messi e Medel levaram vermelho em partida quente, na Arena Corinthians

Fábio Dias
Jornalista formado pela Universidade Nove de Julho, com especialização em Jornalismo Esportivo pela Cursos Prado.Os 140 caracteres do Twitter não estavam sendo suficientes para analisar todos os jogos que o autor acompanha durante a semana. O mundo é uma bola, nada mais justo do que este perfil retratar todas as nuances do esporte mais sensacional que já inventaram. Análises táticas, técnicas e históricas sobre os campeonatos do Brasil e do Mundo, com olhar crítico, aqui no Torcedores.

Crédito: Pela segunda vez entre Argentina x Chile, dois jogadores foram expulsos antes do intervalo. (Foto: Reprodução)

O terceiro capítulo entre Argentina e Chile, nas últimas três edições de Copa América, trouxe um aspecto de rivalidade ao jogo que definiu o terceiro lugar. Antes do intervalo, uma confusão iniciada em empurrão de Messi em Medel resultou em expulsão dos dois jogadores. Foi apenas a segunda vez nas últimas seis edições do torneio que isso aconteceu.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

De acordo com o perfil da Opta Sports, no Twitter, apenas duas partidas terminaram com dois jogadores expulsos no primeiro tempo. E ambas aconteceram em jogos entre Argentina e Chile.

A outra situação havia acontecido na final da Copa América do Centenário, nos Estados Unidos. Na oportunidade, o meio-campista Marcelo Díaz e o lateral-esquerdo Marcos Rojo foram para o chuveiro mais cedo.

Curiosamente, tanto Medel como Messi são capitães de suas seleções. E o craque argentino foi expulso pela primeira vez, com a seleção argentina, desde 2005.

Dentro de campo, a Argentina levou a melhor. Venceu por 2 a 1, com gols marcados por Agüero e Dybala. Enquanto isso, Vidal descontou para os chilenos.