Russell Westbrook é apresentado pelo Houston Rockets e fala sobre parceria com James Harden: “É um grande capítulo”

Ídolo do Oklahoma City Thunder, Westbrook irá reviver parceria com James Harden

Vitória Corrêa
A louca dos esportes, música e livros, faço dos meus hobbies uma projeção do meu futuro profissional. Formada em Técnico em Informática e cursando Jornalismo. <3

Crédito: Reprodução/Twitter/Houston Rockets

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Nesta sexta-feira (26), Russell Westbrook foi apresentado oficialmente no Houston Rockets. O armador de 30 anos chegou à equipe após uma troca que envolveu Chris Paul e duas escolhas de primeira rodada em 2024 e 2026. No entanto, enquanto Westbrook está nos planos de sua nova equipe, CP3 ainda não sabe se continuará no Oklahoma City Thunder.

Durante a coletiva de apresentação, Westbrook destacou em primeiro lugar suas habilidades e empenho no esporte. Posteriormente, ele disse que está preparado para vencer a liga com os Rockets.

“Eu faço muitas coisas ótimas para o jogo. Estou ansioso para fazer isso com essa equipe também. […] Nós vamos atrás [do título] desde o início da temporada. E estou pronto para isso”, afirmou.

Esta é a segunda equipe de Russell Westbrook na NBA e curiosamente tem James Harden no elenco. Westbrook foi draftado pelo Thunder em 2008 e, um ano depois, foi a vez de Harden. Os dois jogaram juntos até 2012, quando o Barba se transferiu para a atual equipe. E, assim como seu novo velho parceiro projetou, Westbrook afirmou que “a reunião com Harden é um grande capítulo” de sua vida.

“Somos amigos há muitos anos. Jogamos juntos no Oklahoma City, e agora temos a ciência de que para vencer precisaremos sacrificar alguns aspectos do nosso jogo. Nós dois entendemos que temos um objetivo em comum, que é conquistar um título. Não preciso ter sempre a bola para ter impacto no jogo. Posso fazer outras coisas em quadra se isso for necessário para que a gente ganhe o título”, declarou Westbrook.

ESTATÍSTICAS:

Em 11 temporadas com o ThunderWestbrook teve 23 pontos, 8.4 assistências e sete rebotes de média, chutando 43.4% de FG e 30.8 na bola de três. Oito vezes All-Star, o armador foi MVP na temporada 2016-2017. Além disso, ele possui média de triple-double nas últimas três temporadas.

CONTRATOS:

Logo que a troca foi anunciada, um dos principais problemas apontados por críticos tanto a respeito de Russell Westbrook quanto Chris Paul foi a questão contratual. Ao passo que os Rockets se livraram do contrato de CP3 (US$ 124 milhões por mais três anos), eles agora terão de pagar a Westbrook US$ 170 milhões durante quatro temporadas.

LEIA TAMBÉM:

NBA: STEVE KERR CRITICA IDA DE ANTHONY DAVIS PARA OS LAKERS: “RUIM PARA A LIGA”

POR DIVERGÊNCIAS COM LEBRON, DIRETOR ABANDONA PRODUÇÃO DE “SPACE JAM 2”