Conselheiro do Santos faz pedido de aposentadoria da camisa 10 de Pelé

Alexandro Pereira Soares utilizou exemplos de Maradona e Cruyff na Europa, e ressaltou que mudança não infringe regra da FIFA

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Reprodução/Facebook

Um conselheiro do Santos apresentou uma emenda para o novo estatuto do clube neste sábado (20) em que pede a aposentadoria da camisa 10 da equipe do litoral paulista em homenagem a Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. Alexandro Pereira Soares argumenta que o ex-atleta do clube santista foi o maior jogador de todos os tempos e merece o reconhecimento.

O pedido, disponibilizado pelo jornalista Ademir Quintino em sua conta no Twitter, mostra que Alexandro ainda comparou a situação com outras de grandes estrelas da história do futebol mundial. “A emenda se torna ainda mais justificável quando se verifica que outros atletas, também de reconhecimento internacional, tiveram suas camisa aposentadas em alguns dos clubes em que jogaram, como a camisa 10 no Napoli em homenagem a Maradona e a 14 do Ajax em homenagem a Cruyff”, disse.

“Saliento, por fim, que referida medida, salvo melhor juízo, não fere qualquer regulamento da FIFA, e caso obrigatória a utilização da numeração sequencial de camisas em regulamento de torneio do qual participe o Santos FC, poderá ser utilização 010, a fim de diferenciar da imortalizada camisa 10 e não configurar qualquer infração do estatuto do clube”, ressaltou Alexandro.

CONFIRA O DOCUMENTO DE EMENDA DO CONSELHEIRO DO SANTOS:

Reprodução/Twitter

LEIA MAIS:

Santos faz postagem com jogadoras no estilo La Casa de Papel: “O bonde tá fechado”