10 caras novas na La Liga 19-20 que vale ficar de olho

As caras novas são a grande atração do início da La Liga e novamente temos Atlético, Real e Barça como destaques nas principais contratações para a temporada 19-20

Luiz Mutschele
Colaborador do Torcedores

Crédito: site oficial Real Madrid/twitter oficial Atlético de Madrid

Tendo as 3 contratações mais caras dessa janela de transferências até o momento, a La Liga promete uma disputa acirrada entre as três principais potências do país. Entre jogadores consagrados, apostas e revelações, vale ficar de olho no desempenho desses jogadores recém-chegados a Espanha:

Frenkie De Jong – meia do Barcelona (vindo do Ajax)

Contratado por 75 milhões de euros, De Jong já tinha fechado bem antes da temporada se encerrar, mas isso não o impediu de concluir o excelente ano pelo time do Ajax. Com 22 anos, ele chega para dar andamento ao projeto de rejuvenescer o time do Barcelona e vem agradando já na pré-temporada.

Números em 18-19: 52 jogos, com quatro gols e quatro assistências.

João Félix – meia/ponta/atacante do Atlético de Madrid (vindo do Benfica)

Contratação mais cara do mundo nessa janela, custando 126 milhões de euros, o jovem português de 19 anos será uma das principais atrações do campeonato. Com a responsabilidade de substituir a antiga estrela do time Antoine Griezmann, João Félix mostrou-se muito à vontade nos jogos da pré-temporada, já marcando gols e dando assistências. Indícios que sua adaptação pode ser rápida.

Números em 18-19: 43 jogos, com 20 gols e 11 assistências.

Renan Lodi – lateral-esquerdo do Atlético de Madrid (vindo do Athletico Paranaense)

Contratado por 20 milhões de euros, o lateral de 21 anos é tratado como uma das grandes revelações do futebol  brasileiro e chega com a missão de substituir outro lateral brasileiro que fez história por lá: Filipe Luís. Titular em todos os jogos em que Simeone utilizou a equipe principal deverá ter uma boa sequência nesse começo de temporada na La Liga.

Números em 18-19 (como veio do Brasil, será desde o Brasileiro do ano passado) – 50 jogos, com quatro gols e oito assistências.

Luka Jovic – atacante do Real Madrid (vindo do Frankfurt)

Contratado por 60 milhões de euros, o sérvio de 21 anos foi uma das sensações da última Bundesliga jogando pelo modesto Frankfurt. Fez uma temporada impressionante mostrando faro de gol, que despertou interesse de diversas equipes europeias e o Real saiu vitorioso na disputa ao conseguir levar a jovem promessa. Alternou entre titular e reserva na pré-temporada, o que mostra que Zidane não deve firmar ele como um dos 11 iniciais nesse começo da La Liga.

Números em 18-19: 48 jogos, com 27 gols e sete assistências.

Eden Hazard – ponta/meia do Real Madrid (vindo do Chelsea)

Maior estrela que desembarcou na Espanha nesta temporada, o craque belga de 28 anos custou 100 milhões de euros ao time do Real e chega para ser protagonista nessa fase de transição do time tricampeão europeu. Fez uma última temporada muito boa pelo Chelsea, se despedindo com o título da UEFA Europa League, mas vem recebendo muitas críticas nessa pré-temporada, especialmente por ter se apresentado muito acima do peso. Apesar disso, deve iniciar como titular absoluto do time.

Números em 18-19: 52 jogos, com 21 gols e 17 assistências.

Nabil Fekir – meia/atacante do Bétis (vindo do Lyon)

Uma das transferências mais inesperadas dessa janela, o francês de 26 anos chega ao Bétis por 19,75 milhões de euros e apesar de ter sido o principal jogador do Lyon por anos e até especulado por diversas equipes de ponta do futebol europeu, ele pode ser considerado uma incógnita nesse início da liga espanhola. A venda mal sucedida para o Liverpool em 2018 por conta de um problema no joelho e a liberação para essa temporada por um valor bem abaixo (segundo o Transfermarket, seu valor de mercado é de 60 milhões de euros) deixam dúvidas sobre a real condição física do atleta. Se não tiver problemas físicos, tem tudo pra ser a grande estrela do time.

Números em 18-19: 39 jogos, com 12 gols e nove assistências.

Eder Militão – lateral-direito/zagueiro do Real Madrid (vindo do Porto)

A meteórica ascensão de Militão impressiona. Saiu em 2018 do São Paulo como promessa, rapidamente tornou-se titular absoluto do Porto e já no começo de 2019, o Real o havia contratado por 50 milhões de euros. Jogador versátil, que tanto pode jogar pela lateral direita, como de zagueiro, foi usado em um sistema de três zagueiros desde que estrou pelo clube merengue.

Números em 18-19: 47 jogos, com cinco gols e quatro assistências.

Rodrygo ponta/atacante do Real Madrid (vindo do Santos)

Mais uma joia santista, o jovem de apenas 18 anos foi contratado por 45 milhões de euros e apesar da expectativa que havia de ele ser repassado a outro clube por empréstimo, ele permaneceu, o que indica que lhe deve ser dado tempo de jogo ao longo da temporada.

Números em 18-19 (como veio do Brasil, será contado à partir do Brasileiro 2018) – 55 jogos, com 12 gols e sete assistências.

Alexander Isak – Atacante da Real Sociedad (vindo do Dortmund)

Nome menos conhecido da lista, o jovem atacante sueco de 19 anos contratado por 6,5 milhões de euros pode ser a grande surpresa da La Liga. Depois de ser emprestado pelo time alemão por não ter espaço na equipe, fez seis meses excelentes no Willem II (HOL). Mostrando-se goleador no time holandês, chamou atenção da Real Sociedad, que o contratou em definitivo. Vale observar de perto seu desempenho na La Liga.

Números em 18-19 (aqui apenas os jogos pelo time holandês, onde ele jogou no time principal): 18 jogos, com 14 gols e sete assistências.

Felipe – zagueiro do Atlético de Madrid (vindo do Porto)

Contratado por 20 milhões de euros, o zagueiro de 30 anos chega para buscar uma vaga na equipe titular. Tendo Gímenez como principal nome da defesa Colchonera, ele deve disputar vaga com Hermoso e Savic. Ele vem de ótimas temporadas no Porto, sendo titular absoluto da equipe portuguesa, mas no momento parece ser a última opção de Simeone, o que pode mudar ao longo da temporada.

Números em 18-19: 53 jogos, com quatro gols e três assistências.

Leia mais:

Real Madrid disputará primeiros clássicos da La Liga contra Barcelona e Atlético fora de casa; confira datas

Presidente de La Liga é contra volta de Neymar ao Barcelona: “Não é um bom exemplo”