Técnico do Bahia faz mistério sobre escalação e evita falar de favoritismo

Bahia e Goiás se enfrentam no próximo domingo (18), às 16h00 (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova. A partida será válida pela 15° rodada do Brasileirão

Tathiane Marques
Colaborador do Torcedores

Crédito: Insira sua legenda, se necessário, aqui.

Apenas três pontos separam as duas equipes na competição, porém mesmo assim vivem momentos diferentes. O Bahia vem numa crescente e o Goiás não ganha há cinco jogos. Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (14), após a realização das atividades no Fazendão, o técnico Roger Machado destacou que é preciso o Bahia ter cautela no duelo contra o Esmeraldino.

“O que não pode é a gente se enganar com esse dito momento ruim do Goiás. Teve uma troca de treinador muito mais pelo placar elástico do que pelo momento. Se, no último jogo, o Goiás tivesse vencido, passaria a gente. Não se engane com esse momento. Eles têm algumas ausências, assim como temos as nossas, mas será um jogo muito duro. Eles vêm dispostos a tirar ponto da gente. A gente não pode permitir que isso aconteça”.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Após expulsão de Gregore no jogo contra o Palmeiras, a posição fica vaga para essa partida. A princípio, Roger esboçou uma equipe com Ronaldo, mas com o retorno de Elton, pode pintar surpresas em campo.

“Tenho Elton voltando. Não sei se seria prudente, porque é uma semana que começou agora para ele e para o Guerra. E tenho o Ronaldo, que já estreou contra o Cruzeiro e estreou muito bem. Hoje eu começo a definir. O Goiás é perigoso, e a gente tem que tomar cuidado, até mesmo na formatação e como a gente vai ser comportar”.

Siga o Torcedores também no Instagram

Roger Machado fará mistério em relação a escalação, o Esquadrão terá três treinos com portões fechados à imprensa.

“No meu tempo, vocês não faziam leitura labial, não colocavam desentendimento como se fosse briga. Hoje, o treino fechado é a privacidade de fazer uma cobrança mais forte e não ser interpretado de uma outra forma. Ou montar minha equipe sem municiar o adversário. A gente enfrenta algumas equipes, e eles sabem como é ruim tu ir (sic) para o campo, aquecer, ainda não chegou a escalação, e tem na palestra, a gente coloca fulano e beltrano entre parênteses. Porque tem tantas dúvidas, que tira um pouco o foco, que você não tem contundência. Isso gera, do outro lado, expectativa. E qualquer dúvida está a nosso favor. Mas a questão é a privacidade porque hoje qualquer coisa acaba sendo super dimensionada, ou uma reprimenda minha mais forte ou um comentário que possa ser entendido como deselegante. E isso ser publicado e dado uma importância que não se devia”.

LEIA MAIS:

Cartola FC: Confira o ranking com os três melhores zagueiros da 14ª rodada no fantasy game