Boca Juniors e River Plate vencem jogos de ida e encaminham reencontro na Libertadores após confusão em 2018

As equipes da Argentina se envolveram na final da última edição da Libertadores e causaram confusão no Monumental de Nunez, mudando o local da decisão para Madri

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Os jogos de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América chegaram ao fim nesta quinta-feira (22). No último confronto, o River Plate venceu Cerro Porteño por 2 a 0. Antes disso, na quarta, o Boca Juniors encaminhou a classificação ao vencer o LDU por 3 a 0 fora de casa. Com isso, os dois clubes da Argentina poderão se enfrentar nas semifinais do torneio. 

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Atual campeão, o River Plate viu a sua torcida causar grande confusão no duelo de ida da final da competição no ano passado. Durante a chegada ao estádio, o ônibus do Boca Juniors foi apedrejado e atletas ficaram feridos. Após a Conmebol adiar várias vezes o confronto, a confederação optou por disputar a competição no Santiago Bernabéu, na Espanha.

A possibilidade do novo confronto entre as duas equipes na competição gera aflição entre os argentinos. Com novas chances de confusões e até revanche por parte da torcida do Boca Juniors, a Conmebol prepara um sistema de segurança forte para o duelo que decidirá a equipe que chegará à final da Libertadores deste ano caso se classifiquem nas quartas de final.

COMO FOI O JOGO DO BOCA JUNIORS

Mesmo atuando em Quito, na altitude, o Boca Juniors dominou o confronto contra o LDU e venceu por 3 a 0. Grande contratação no meio da competição, o volante De Rossi ficou no banco de reservas, mas viu Ábila, Reynoso e Medina (contra) marcarem para o time de Buenos Aires.

COMO FOI O JOGO DO RIVER PLATE

Do outro lado da capital da Argentina na Libertadores, o River Plate recebeu o Cerro Porteño e também venceu o primeiro jogo, em casa, por 2 a 0. Ignacio Fernández e Rafael Borré marcaram os gols da partida em cobranças de pênaltis com ajuda do VAR.

LEIA MAIS:

FPF estuda candidatura e estádios de Palmeiras, São Paulo e Corinthians aparecem como opções para sediar a Libertadores 2020

Choro de Felipe Melo, atuação de Guerrero e mais: veja os memes dos jogos de ida das quartas da Libertadores 

Blefe de Jesus, choro de Felipe Melo e brilho de Bruno Henrique: veja os fatos que marcaram os jogos de ida das quartas da Libertadores