Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Boschilia: da base do Guarani à taça da Ligue 1 e ainda tem fãs no SPFC até hoje

Atuando no Campeonato Francês nesta temporada, Gabriel Boschilia ainda é aclamado pelos são-paulinos para voltar para o time que o revelou nacionalmente.

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Facebook Oficial / Boschilia

A lembrança da habilidade do meia canhoto no Morumbi ainda continua viva em torcedores que acompanham as redes sociais de Gabriel Boschilia – que atualmente joga no Monaco – e eles pedem a volta do jogador ao São Paulo.

Campeonato Francês de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça DAZN Brasil!

Revelação pelo talento

Gabriel Boschilia nasceu da base do Guarani, foi considerada a principal revelação do time de juniores do Bugre. Saiu das suas origens no interior de São Paulo para a capital no fim de 2012, numa venda ao Tricolor Paulista. Na equipe do Morumbi, ele conquistou a Copa do Brasil Sub-17 em 2013 e foi um destaque como camisa 10 na Copa São Paulo de Futebol Jr de 2014. O atleta foi chamado pelo Muricy – treinador à época – para já integrar a equipe de profissionais no Paulistão. Quando completou 18 anos, assinou um contrato com o clube por cinco anos, até ter o passe vendido para o Monaco em 2015.

A ida ao Monaco

Pelo destaque no São Paulo, olheiros monegascos ficaram atentos à atuação do Bosca (como também é chamado) pela seleção brasileira nas Copas do Mundo sub-17 em 2013 e sub-20 em 2015. Foram oito gols em apenas 11 partidas. Foi chamado ao Monaco.

Lá, chegou como o “Anjo Gabriel“, a imprensa francesa fez elogios à habilidade por ser canhoto, de chutes livres ao gol e sua ousadia. Após empréstimo ao belga Standard de Liège por seis meses e ao Nantes, o passe do ex-são paulino está garantido até junho do ano que vem no Principado de Mônaco. Nesse meio tempo, passou por maus bocados – sofreu uma séria lesão nos ligamentos do joelho direito, mas a superou.

Taça da Ligue 1 conquistada

Boschilia retorna nesta temporada 2019/20 ao clube que lhe abriu os braços em 2015. Uma das grandes conquistas da carreira na Europa foi o título do Campeonato Francês de 2016/17, ao lado de feras como Mbappé, Benjamin Mendy, Radamel Falcao e Bernardo Silva, mantendo a liderança da equipe desde a 20ª rodada.

Atualmente

A primeiríssima partida do Campeonato Francês nesta temporada 2019/20 foi Monaco x Lyon nesta sexta-feira (09). Gabriel entrou como primeira substituição no intervalo da partida. No lugar do atacante Lyle Foster, Boschilia brilhou aos 22 minutos da etapa complementar, quando recebeu na entrada da área. Girou e chutou rasteiro, mas a bola ficou à esquerda do gol do Lyon. E no final da partida, cobrou escanteio da esquerda bem batido, o que deixou a bola “viva” e com chances, mas a defesa do Lyon conseguiu afastar. Embora houvesse chances, não deu – Monaco estreou a Ligue 1 com uma derrota.

Mas parece que até hoje, a marca do jogador foi forte no Tricolor Paulista. Ter atuado bem – como ter marcado um gol decisivo na Sul-Americana de 2014 –  fez com que são-paulinos até hoje acessem as redes sociais do meia para pedir o seu retorno ao Morumbi.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS:
Superação através do futebol: Richarlison se recusou a entrar no crime e hoje brilha na Premier League
Liderança e discrição: Luiz Gustavo tenta levar Olympique de Marselha a mais um título francês