Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Botafogo e Chapecoense ficam no 0x0 e estacionam na tabela do Brasileirão

Em jogo válido pela 16ª rodada do Brasileirão, Botafogo e Chapecoense ficaram no 0x0 em pleno Engenhão

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, amante de MMA e Pro-Wrestling, profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Márcio Cunha | ACF

Ruim para os dois! Botafogo e Chapecoense ficaram no 0x0, e estacionaram na classificação do Campeonato Brasileiro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O JOGO

O Botafogo de Barroca tem como característica, a posse de bola, utilizou desse artifício novamente. Mas sem a verticalidade que diferencia o time carioca. Jogo em sua maioria amarrado, sobretudo pela forte e precisa marcação da Chapecoense.

Chance mesmo, apenas aos 23, quando Camilo bateu de fora e exigiu boa defesa de Gatito. A resposta do Botafogo veio aos 26. Luiz Fernando chegou pela esquerda e fez cruzamento preciso para Diego Souza, que cabeceou pra fora.

A torcida ‘acordou’ e o time respondeu em campo. A jogada principal aquela altura, era pela direita com Marcinho. Aos 34, o lateral chegou bem na linha de fundo e cruzou para mais uma cabeçada. Agora de Luiz Fernando, mas também pra fora.

Assim como o Botafogo, foi pelo alto que a Chape chegou novamente. Aos 43, Gum cabeceou com perigo após cobrança de falta. Outra opção era o chute de fora. Antes do término da primeira etapa, o Botafogo chegou dessa maneira com Alex Santana, mas o goleiro Tiepo defendeu com facilidade.

SEGUNDO TEMPO

Logo no início, uma promessa de segundo tempo mais animado. Após cobrança de escanteio, Alex Santana cabeceou na trave e quase fez o primeiro do Botafogo. Com o time carioca mais ofensivo, consequentemente, a Chape achou mais espaços. Aos 11, Camilo fez boa jogada escorando pra Augusto finalizar no meio do gol de Gatito.

O maior susto viria aos 17. Apagado até então, Diego Souza recebeu lançamento e tocou por baixo de Tiepo. A bola ia entrando lentamente, mas Gum chegou de carrinho pra salvar.

A bola parada era outro artifício do Botafogo para furar a retranca catarinense. Marcinho bateu falta de longe aos 24, e assustou Tiepo.

O jogo manteve o ritmo da etapa inicial. Botafogo com mais posse, porém sem objetividade. Apesar de alguns contra ataques, a Chapecoense também manteve a postura defensiva.

Aos 40, depois de bate-rebate, a bola sobra pra Diego Souza. O atacante experiente bateu de costas pro gol, com a parte posterior do pé e a bola passou raspando a trave.

Daí em diante, foi chuveirinho do Botafogo, e zaga da Chape afastando de sua área.

Deu tempo de Gum assustar aos 49 após cobrança de escanteio e de Alex virar um voleio espetacular e quase marcar um gol antológico os 50. Mas ficou nisso. Botafogo 0x0 Chapecoense

SITUAÇÃO DAS EQUIPES NO BRASILEIRÃO

O Botafogo ficou em 9º lugar com 23 pontos. Já a Chapecoense continua no Z4, com apenas 14 pontos, na 17ª colocação.

 

LEIA MAIS
Cheia de possibilidades, novela Neymar tem semana decisiva e corrida contra o tempo

As melhores notícias de esportes, direto para você