Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Botafogo x Chapecoense: veja quem leva a melhor no retrospecto do duelo

Duelo no Nilton Santos coloca frente a frente rivais em situações totalmente distintas na tabela

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Sirli Freitas - Divulgação - Chapecoense

Nesta segunda-feira (26), às 20h (de Brasília), Botafogo x Chapecoense medem forças pela 16ª rodada do Brasileirão. Em situações opostas na tabela, as duas equipes objetivam os três tentos. Enquanto o Glorioso pode dar um salto importante na luta pelo G6, após uma rodada “perfeita” do fim de semana, a Chape quer sair da temida zona da degola e engatar a segunda vitória seguida na competição.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

OLHO NA CLASSIFICAÇÃO

Com os tropeços da maioria dos concorrentes diretos pelo G6, o Botafogo que aparece com 22 tentos na tabela, pode saltar três posições e encostar no Atlético-MG – sexto colocado, com 27 pontos. Por sua vez, a Chapecoense ocupa a 17ª posição, com 13 pontos, e em caso de triunfo no Nilton Santos, empurra o Cruzeiro para o Z4.

RETROSPECTO

De acordo com dados do site oGol, Botafogo x Chapecoense duelaram apenas oito vezes de forma oficial na história, e os cariocas levam uma ligeira vantagem. São cinco triunfos do Glorioso contra três vitórias da Chapecoense. No quesito bola na rede, o equilíbrio é maior: 8 a 7 favorável ao alvinegro.

Na temporada passada, o Botafogo venceu os dois compromissos pelo Brasileirão, ambos por 1 a 0, triunfos estes que justamente desempataram o histórico.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X CHAPECOENSE-SC

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de outubro de 2019 (Segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Ivan Carlos Bohn (PR)

PROVÁVEL BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli (Marcelo Benevenuto), Gabriel e Gilson; Gustavo Bochecha, Alex Santana, João Paulo e Luiz Fernando; Lucas Campos e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca

PROVÁVEL CHAPECOENSE: Tiepo, Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Campanharo, Augusto e Camilo; Arthur Gomes e Everaldo. Técnico: Emerson Cris

LEIA MAIS: