Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cavani volta a falar sobre Neymar no PSG: “Nossa relação é profissional”

Uruguaio teve desentendimento com Neymar na chegada do brasileiro ao clube francês

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: PSG/Facebook Oficial

Cavani foi mais companheiro de Neymar no PSG a comentar sobre a vontade do brasileiro sair da esquipe francesa. Em entrevista ao jornal “Le Parisien”, da França, o atacante uruguaio falou sobre a relação com Mbappé e com o camisa 10.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“Nossa relação é profissional. Muita coisa foi dita sobre nós. É verdade que tivemos nossas disputas durante os primeiros meses depois da chegada dele, mas é muito bom poder conversar um com outro para se explicar, e foi isso que aconteceu. As mídias sociais e a comunicação externa ao clube são muito exagerada e muita coisa que foi dita sobre nós não é verdade”, disse Cavani.

“Eu o valorizo muito. É um menino de bom coração. Eu espero que tudo que tenha acontecido dê a ele a experiência para crescer como indivíduo. Eu acredito que ele ainda tem muito o que dar ao Paris. Como disse, nossa relação é profissional […] Sim (eu gostaria que ele ficasse no PSG). Jogar com grandes jogadores como ele e Mbappé é sempre muito bom. Agora é importante que nós encontremos uma conexão entre nós para criar um bom time e uma boa atmosfera de trabalho, com sacrifício e profissionalismo”, completou.

Na sequência, o uruguaio falou como é jogar ao lado de Mbappé.

“Quando você joga com um jogador como ele, vocês se entendem muito rápido. Um olhar e você já sabe o que fazer. Kylian (Mbappé) é um jogador rápido, que usa mais a velocidade. Eu sou mais um finalizador, então tenho que estar sempre pronto para fazer gols”, disse o atacante.

Cavani ainda aproveitou para afirmar que cumprirá o contrato com o clube até o fim. Ele chegou em 2013 e tem mais um ano de contrato.

“Como eu disse na temporada passada, eu me comprometi com a torcida e comigo mesmo que terminaria o meu contrato atual com o clube. Então, nós veremos se o futebol me permitirá continuar aqui. Posso até acabar voltando para o Uruguai. No futebol, as coisas não dependem só de você, tem a vontade do clube e dos torcedores […] Eu ainda não pensei sobre uma possível renovação, e o clube também não fala sobre isso. O PSG teve um final de temporada difícil e estamos colocando tudo no lugar. Podemos discutir isso depois. Eu vou dar tudo por essa camisa até o fim, ficando ou não”, afirmou Cavani.

LEIA MAIS: