CEO da Quantic Dream elege Beyond o jogo mais importante de sua carreira

Beyond: Two Souls foi lançado na mudança de geração dos consoles, em 2013

Pietro Cardoso
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Sony

Durante uma entrevista ao portal Dualshockers, o CEO da Quantic Dream, David Cage, revelou que Beyond: Two Souls é o jogo mais importante de sua carreira.

“Você não consegue imaginar o quanto eu aprendi trabalhando nesse projeto”, declarou Cage. Mesmo sendo um jogo divisivo na crítica e no público, o CEO disse que Beyond foi de extrema importância para sua a carreira de escritor/diretor.

Cage revelou que o jogo permitiu tocar em assuntos assuntos profundos do cotidiano. “Foi um exercício libertador para mim, onde descobri que os jogos podem evocar vários temas como suicídio, identidade, marginalização e a dificuldade de aceitar quem somos”.

O game contou com a presença de grandes nomes no elenco. Ellen Page – protagonista – e Willem Dafoe também foram exaltados por Cage. Segundo ele, os dois o ajudaram a se tornar um “diretor melhor”.

Para finalizar, Cage ressaltou os jogos focados na narrativa, porque sobrevivem com o passar do tempo. “Estes jogos não se focam só na tecnologia ou gráficos. São sobre emoções: esperança, medo, amor, redenção. São sobre quem somos e quem gostaríamos de ser. Por esses motivos, eu penso que estas experiências podem ser tão poderosas hoje quanto na época do lançamento”.

Beyond: Two Souls foi desenvolvido pela Quantic Dream e publicado pela Sony para o PS3, em 2013. Posteriormente, o jogo foi convertido ao PS4 e lançado no PC (via Epic Store).

LEIA MAIS